Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Cracolândia tem troca de tiros e ao menos 1 ferido após ação da GCM

O tiroteio teria começado após o suspeito ter disparado contra agentes municipais de SP

Cracolândia tem troca de tiros e ao menos 1 ferido após ação da GCM
Notícias ao Minuto Brasil

22:00 - 09/05/19 por Estadao Conteudo

Justiça São Paulo

Uma ação da Guarda Civil Metropolitana (GCM) para retirada de usuários de drogas na chamada cracolândia teve troca de tiros e ao menos uma pessoa ficou ferida na tarde desta quinta-feira, 9, pela segunda vez em menos de 10 dias. Uma senhora, que seria moradora da região, foi baleada após troca de tiros entre a GCM e um suspeito que estava armado no local, segundo informações da Polícia Civil.

O tiroteio teria começado, segundo a polícia, após o suspeito ter disparado contra agentes municipais durante uma operação de limpeza no local, quando os usuários são retirados e têm suas barracas desmontadas. Após troca de tiros, a mulher teria sido encontrada ferida e foi encaminhada à Santa Casa de Misericórdia.

A polícia não soube informar se a vítima foi atingida por tiros da GCM ou do suspeito, que conseguiu fugir. Não há informações sobre a idade da vítima nem seu estado de saúde. Guardas da GCM levaram cápsulas de calibre .380 ao 77º DP, em Santa Cecília, que seriam do suspeito armado.

Usuários de drogas na região teriam jogado pedras em direção à GCM, segundo policiais que acompanham a ação no local. Em apoio à ação da Prefeitura, a PM fez um cerco aos dependentes químicos na região da Luz e fechou o acesso à rua Helvétia, causando transtorno no trânsito da região. Apesar da ação policial, usuários se espalharam pelo entorno da Praça Princesa Isabel usando crack.

Contatada, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana informou que estava apurando as informações sobre o episódio.

Limpeza

Há dez dias, outra ação semelhante já havia resultado em troca de tiros, correria e depredação no mesmo local. Guardas municipais foram alvo de tiros de ao menos dois suspeitos na terça-feira passada, 30 de abril, em outra operação de limpeza.

Na ocasião, a PM também cercou os quarteirões ao redor da Helvetia e jogou bombas de efeito moral e gás. Houve correria, depredação e fechamento do comércio no entorno. Vários moradores de rua foram pisoteados.

Campo obrigatório