Meteorologia

  • 16 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homem com doença rara produz 'cerveja' no organismo

O caso, apesar de raro, não é o único no mundo

Homem com doença rara produz 'cerveja' no organismo
Notícias ao Minuto Brasil

14:40 - 23/10/19 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle Saúde

Um homem de 46 anos foi diagnosticado nos Estados Unidos com síndrome de fermentação intestinal - uma doença rara que provoca os mesmos sintomas que o consumo excessivo de álcool. 

A revista New Scientist noticiou o caso e destacou que  “é uma condição rara, mas deve ser reconhecida devido às possíveis implicações sociais , como perda de emprego, dificuldades em interações sociais, estigma e até detenções", disseram Barbara Cordell e Justin McCarthy, investigadores e autores da publicação A Case Study of Gut Fermentation Syndrome (Auto-Brewery) with Saccharomyces cerevisiae as the Causative Organism.

Nos últimos 30 anos, apenas 5 pessoas foram diagnosticadas com esta doença, que faz com que o amido se transforme em etanol no organismo. 

Neste caso, o homem não identificado começou a sentir os primeiros sintomas - tonturas, falta de memória e agressividade - em 2011. Em 2014, depois de ter visitado vários médicos (inclusive um psiquiatra que lhe prescreveu antidepressivos),  homem foi preso pela polícia por condução sob o efeito de álcool. Apesar de garantir que não tinha ingerido qualquer tipo de bebida alcoólica, os testes de bafômetro indicaram uma concentração de álcool no sangue equivalente ao consumo de 20 bebidas alcoólicas.

Após vários testes, os médicos descobriram que a sua condição era causada pela presença do fungo Saccharomyces cerevisiae no seu intestino, utilizado no fabrico de bebidas alcoólicas, como a cerveja, para transformar açúcar em álcool.

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório