Meteorologia

  • 09 ABRIL 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Ortorexia pode levar ao isolamento social e causar desnutrição

A ortorexia também causa emagrecimento excessivo mas é diferente da anorexia

Ortorexia pode levar ao isolamento social
 e causar desnutrição
Notícias ao Minuto Brasil

07:37 - 08/12/15 por Notícias ao Minuto Brasil

Lifestyle Refeição

O termo ortorexia – junção dos termos gregos "ortho", correto, e "orexis", apetite – surgiu no livro "Health Food Junkies" (Viciados em comida saudável) do médico americano Steven Bratman. Conta a Folha de S. Paulo que o livro de 1997 já falava sobre a tendência do "vício" fora de limites por alimentos supostamente perfeitos.

Mesmo com muitas pesquisas sobre o tema, a ortorexia ainda não é reconhecida como um transtorno alimentar distinto nos manuais de referência mas tem sido cada vez mais presente nos consultórios.

A ortorexia também causa emagrecimento excessivo mas é diferente da anorexia. Em entrevista à Folha, a médica nutróloga Maria del Rosario, diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia) disse que a principal questão é a autoimagem corporal.

"Quem tem anorexia se olha no espelho e se enxerga gordo, mesmo estando muito magro. O ortoréxico não costuma ter esse problema. Ele se vê magro, mas muda a alimentação por uma questão de saúde", explica.

Uma pessoa com ortorexia se impõe tantas restrições que acaba sem conseguir comer com a família e os amigos. Isso causa isolamento e pode levar a ansiedade e depressão, segundo del Rosario.

Casos

A publicação conversou com a funcionária pública Thaís Sundfeld, 32. Ela conta que passou a controlar rigidamente a alimentação. Mas o desejo de comer de forma saudável começou a prejudicar sua vida pessoal.

"Uma refeição fora de casa, mesmo na casa da minha avó, gerava um estresse enorme. Sentia culpa e ansiedade. Não conseguia fazer concessões", explica.

Outra jovem, Julia, 25 anos (que prefere não divulgar seu sobrenome), refeere que desenvolveu pânico de comer na frente de conhecidos e chegou a levar marmita para a festa de casamento da irmã.

Essa doença, além de pôr em risco a saúde, com a falta de nutrientes essenciais, também atrapalha significativamente as relações sociais e afetivas.

"A preocupação excessiva com a alimentação passa a dominar a vida da pessoa. Torna-se uma obsessão", explica a médica Sandra Carvalhais, coordenadora da pós-graduação em psiquiatria do Instituto de Pesquisa e Ensino Médico, em São Paulo.

Ajuda

Especialistas explicam que o ideal é procurar tratamento multidisciplinar, com psicólogo, psiquiatra e acompanhamento nutricional. Como as restrições alimentares podem ser diferentes, os efeitos da ortorexia variam de pessoa para pessoa. Há desde casos sérios de subnutrição até deficiências de nutrientes.

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório