Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Glúten pode não ser culpado pelo mal-estar, diz estudo

Algumas proteínas do trigo conseguem desencadear uma série de processos inflamatórios no organismo

Glúten pode não ser culpado 
pelo mal-estar, diz estudo
Notícias ao Minuto Brasil

18:30 - 26/10/16 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle Nutrição

O glúten pode não ser o culpado pelo mal-estar que você sente após comer alimentos com trigo. A doença celíaca, comumente conhecida como intolerância ao glúten, afeta muitas pessoas ao redor do mundo, apresentando sintomas como dores de cabeça, no abdômen, nas articulações e manchas na pele. Mas de acordo com a ciência, a culpada pode não ser a temida proteína.

Segundo a revista Boa Forma, um estudo apresentado no congresso UEG Week, realizado por cientistas da Universidade Johannes Gutenberg, na Alemanha, anunciou que algumas proteínas do trigo chamadas de inibidores amilase-tripsina (ATI, na sigla em inglês) conseguem desencadear uma série de processos inflamatórios no organismo, tais como a sensibilidade ao glúten não celíaca, fazendo com que o portador da sensibilidade apresente todos os sintomas da doença celíaca mas não tenha realmente a doença.

Os efeitos negativos dessas proteínas são sentidos em outros órgãos do corpo, não apenas no intestino. Doenças como lúpus, asma, esclerose múltipla e artrite reumatoide acabam piorando com a ativação dessas proteínas, pois elas abrem portas para inflamações nos gânglios linfáticos, rins, baço e cérebro.

"Esperamos que essa pesquisa nos permita recomendar, no futuro, uma dieta livre de ATI para ajudar a tratar desordens imunológicas sérias", comenta Detlef Schuppan.

Leia também: 10 alimentos que ajudam no combate ao câncer de mama

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório