Gol vai cobrar mais caro para quem despachar mala no check-in

Medida vai passar a valer a partir de 14 de março

© iStock
Economia TAXA 17:00 - 17/02/17 POR Notícias Ao Minuto

A Gol Linhas Aéreas vai passar a cobrar pela bagagem extra, quando esta não estiver incluída na passagem, contudo o valor será mais em conta quando o volume extra for adquirido antecipadamente através da internet. Se a aquisição for feita no balcão no ato do check-in, o valor será maior. Segundo o jornal O Globo, o valor será cobrado a partir do dia 14 de março, quando cair a exigência mínima de franquia de bagagem exigida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

PUB

Leia também: Cia aérea vai oferecer wifi, Netflix e Spotify a passageiros

A política da Gol é semelhante a que já é praticada por empresas low-cost em países da Europa. A partir de março, a empresa vai criar uma categoria nova de venda de passagens visível aos compradores, no qual cobrará um valor mais barato para quem quiser viajar sem despachar bagagem, contudo, ainda não se sabe de quanto será a diferença de preços.

Uma pesquisa realizada pela companhia aérea apontou que 37,8% dos seus clientes viajaram sem despachar malas em 2016. A partir do mês que vem, será possível levar 10 kg na mala de mão, não mais os 5 kg atuais. "A parte das pessoas que despacham bagagem vai passar a otimizar as malas de mão para evitar custos", disse, em entrevista ao GLOBO, o vice-presidente de Vendas e Marketing da Gol, Eduardo Bernardes.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X