Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Estratégias mais certeiras para tratar a acne em adulto

Não são só os adolescentes que sofrem com o problema

Estratégias mais certeiras para tratar a acne em adulto
Notícias ao Minuto Brasil

22:00 - 07/12/17 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle Dicas

A acne é uma doença cutânea causada por uma inflamação e caracterizada pelo aparecimento de espinhas. O rosto é a parte mais afetada e aquela em que a acne fica mais notória, contudo, este problema cutâneo pode aparecer em qualquer outra região do corpo humano e está longe de ser um problema apenas de adolescentes.

Um estudo publicado na revista científica Journal of Women's Health revela que a acne afeta cerca de metade das mulheres com idades entre os 21 e os 30 anos, sendo ainda frequente em uma em cada quatro mulheres entre os 31 e os 40 anos. Mas, o que é que leva um adulto a ter um problema de jovens? O estilo de vida, sobretudo.

Uma vez que a acne anda de mão dada com os hormônios e com o bom funcionamento do organismo, aquilo que se come diariamente acaba por ter um impacto no aparecimento ou prevenção do problema.

+ 5 tipos de pessoas que não podem aderir ao jejum intermitente

No caso dos adultos, uma das estratégias mais eficazes de combater a acne, conta o site da revista Prevention, passa por consumir menos carboidratos simples, que se resumem, quase sempre, a alimentos processados e industrializados repletos de açúcar e gorduras saturadas. Estes alimentos podem, porém, continuar a ter espaço na alimentação, só de forma esporádica. Embora o impacto possa variar de pessoa para pessoa, o consumo de leite pode ser também um dos causadores da acne, diz a publicação.

Ainda no que diz respeito à alimentação, consumir menores quantidades de sal é bom, uma vez que este ingrediente está presente num vasto leque de alimentos consumidos diariamente e está diretamente associado ao aumento de processos inflamatórios, cuja consequência fica bem notória na pele.

Combater a acne em idade adulta pode ser possível com terapias à base de luz azul, uma técnica capaz de aniquilar as bactérias que estão na origem do problema. Quem preferir um tratamento mais natural pode sempre optar pelo uso de óleo da árvore do chá, um antiséptico natural que atua ainda como calmante e anti-inflamatório.

Procurar a ajuda de um dermatologista e passar a usar cosméticos e produtos de higiene que sejam antibacterianos pode ser também uma solução, assim como verificar junto da ginecologista se a pílula usada é, de fato, a mais indicada, uma vez que este contraceptivo atua diretamente no sistema hormonal e pode impulsionar o aparecimento de câncer.

Contudo, para que qualquer um destes conselhos acima seja eficaz, é preciso banir o estresse de vez da vida, uma vez que esta sensação de pressão, ansiedade e nervosismo constante nada mais faz do que ativar o cortisol, hormônio que tem um impacto negativo na saúde aos mais variados níveis.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório