Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Hoje é o dia mais triste do ano. Como nasceu a 'Blue Monday'?

É na terceira segunda-feira de janeiro que a tristeza se faz mais notar

Hoje é o dia mais triste do ano. Como nasceu a 'Blue Monday'?
Notícias ao Minuto Brasil

07:35 - 15/01/18 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle Comportamento

Era 2005 quando o cientista Cliff Arnal decidiu analisar o comportamento das pessoas ao longo do mês de janeiro, avaliando fatores como a meteorologia, os dias que passavam desde a entrada no novo ano, a incapacidade de cumprir pelo menos uma resolução, a falta de dinheiro pós-festividades entre outros.

As variáveis estavam dispostas e a equação começou a ser montada. Pronto! Foi nesse mesmo que o investigador da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, chegou à conclusão de que a terceira segunda-feira de cada novo ano é uma ‘Blue Monday’, algo como o dia mais triste e deprimente do ano, conta o Deporte y Vida do jornal espanhol "As".

+ Artista se transforma em personagem do Star Wars apenas com maquiagem

De acordo com o "The Sun", esta foi a equação criada há 13 anos - tendo sido classificada como o primeiro dia mais deprimente do ano o 24 de janeiro de 2005.

Notícias ao Minuto[Equação criada em 2005]© The Sun

Mas não fique já triste pensando que vai passar o dia triste. Na verdade, a ‘Blue Monday’ até pode ter um tanto ou quanto de ciência na sua base, mas a verdade é que não passa de uma grande estratégia de marketing.

Sim, se hoje o seu mural do Facebook ou os intervalos na TV forem invadidos por ofertas de viagens e grandes descontos em voos, não se surpreenda. É tudo uma ‘jogada’ para alegrar aquele que, alegadamente, é o dia mais triste do ano.

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório