Meteorologia

  • 18 JUNHO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

11 frases machistas que precisamos parar de falar

Que tal evitarmos?

11 frases machistas que precisamos parar de falar
Notícias ao Minuto Brasil

07:00 - 16/03/18 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle evolução

É preciso se voltar a situações rotineiras (aparentemente inofensivas) para compreender que o machismo está mais presente em nossas vidas do que imaginamos.

Veja a lista elaborada pelo site 'UOL', com 11 frases de uso comum e que são machista. Que tal evitarmos?

1. “Ela deve estar dando para ele, só pode”

Recorrer ao discurso de que a conquista profissional de uma mulher é resultado de um envolvimento sexual entre ela e o chefe é extremamente machista.

2. “E aí, cara, está de babá hoje?”

Cuidar dos filhos não é piada e muito menos questão de gênero. Antes de brincar com um homem por conta disso, saiba: ele não está fazendo mais do que a obrigação de pai. A mulher não fez a criança sozinha.

3. “O que ela quis dizer é que...”

Espalhadas em larga escala principalmente no ambiente corporativo, atitudes que envolvem interromper uma mulher e reproduzir sua fala com outras palavras, a fim de deixá-la mais “palatável”, têm até nomes próprios: “mansterrupting” e “mansplaining”. E o efeito é um só: silenciar.

4. “Miga, não fica mal, ela é horrorosa”

Desqualificar a atual do "ex" da sua amiga não faz desta última alguém melhor. Comentários como esse só reforçam a ideia equivocada de que mulheres são rivais e vivem em uma disputa sem fim.

5. “Ela é mal amada, mal comida”

Expressões como essas são chavões perversos que pressupõe o bom humor feminino como resultado de relações amorosas e sexuais “bem-sucedidas”.

6. “Sempre ajudo nas tarefas domésticas”

Nascer do gênero feminino não implica uma habilidade biológica para funções que envolvem os cuidados domésticos. Assim como o fato de ter nascido do gênero masculino não tira a responsabilidade sobre tarefas domésticas. Já é hora de trocar o verbo “ajudar” por “dividir”.

7. “Queria eu ser sustentado pela minha mulher”

Mesmo que em tom de brincadeira, o que está por trás de um comentário como esse é uma situação séria que mantém muitas mulheres em um relacionamento abusivo: a dependência financeira.

8. “Você sempre dá piti” ou “Só pode estar de TPM”

Enquanto um homem que se posiciona de maneira assertiva é visto com alguém seguro de si, mulheres na mesma condição são reduzidas ao papel de barraqueiras ou descompensadas. Isso se chama “gaslighting”, e nada mais é do que uma manipulação psicológica para tirar a autonomia ou a autoridade de uma mulher.

9. “Você nunca vai conseguir um homem agindo assim”

Ter um relacionamento estável não deve ser sinônimo de mulher bem-sucedida, assim como se sentir segura e livre sexualmente não deve ser taxado como um estereótipo de mulher de menor valor.

10. “Isso é coisa de mulherzinha”

Quando alguém usa uma expressão como essa para ofender (leia-se: ferir a masculinidade de um homem) não só está desmerecendo as mulheres, como perpetuando a ideia de que comportamentos masculinos, que exprimam força e agressividade, são sempre superiores.

11. “Nossa, imagina duas mulheres morando juntas?”

Pois é: são só duas mulheres vivendo juntas!

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório