Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Cartilha ensina a formar humano-guia para cão cego

Material foi idealizado pela marca Pedigree

Cartilha ensina a formar humano-guia para cão cego
Notícias ao Minuto Brasil

19:57 - 13/05/18 por Folhapress

Lifestyle pets

LÍVIA MARRA - Animais cegos precisam de cuidados especiais para que não se machuquem, sem deixar de lado as brincadeiras e interação com outros pets. Mas muitos tutores têm dúvidas de como agir nessa hora. Uma cartilha lançada pela Pedigree faz o caminho inverso ao das escolas de cães-guia e cria uma plataforma para capacitar humanos a cuidar de animais com deficiência visual.

São cinco videoaulas e 12 lições que ensinam, de forma didática, a passear na rua com segurança, desenvolver a memória do cão e a brincar de um jeito diferente e a criar uma rotina de alimentação e hidratação.

Uma delas, por exemplo, mostra como fazer uma espécie de para-choque canino, para evitar traumas por batidas em móveis ou paredes.

+ 3 truques para largar agora vício do cigarro

Em formato de e-book, o material tem criação da AlmapBBDO, é gratuito e pode ser consultado no site ou baixado para impressão em casa. As dicas valem para todas as raças e portes. O endereço da plataforma educacional é: humanguides.com.

DESAFIO

Assim como as pessoas, os pets também estão vivendo mais. E, com a velhice, uma série de problemas de saúde aparecem.

Conviver com um cão cego pode ser um grande desafio, mas é também uma experiência muito recompensadora, diz o médico-veterinário Pedro Guedes, especialista em cegueira canina e que ministra as vídeo-aulas.

Segundo ele, muitos tutores pensam que os animais nessa situação não conseguem se locomover ou que tem grandes dificuldades, mas nem sempre é verdade. "O pet também passa a se adaptar e a lidar com a cegueira. E, para ajudar os tutores a se adequarem a esta nova realidade, em Human Guides compartilhamos algumas dicas fundamentais para garantir que eles sejam felizes e vivam uma vida confortável, com qualidade."

Embora o treinamento do tutor também seja importante em outros casos de deficiência, um animal cego pode ter conforto e segurança com medidas simples, afirma Valdir Nascimento, gerente de marketing da categoria de cães da Mars Petcare, responsável pela Pedigree.

Para ele, é importante entender as necessidades dos cães cegos, adaptar as interações e rotinas e fortalecer ainda mais os vínculos entre o tutor e o pet.

De acordo com Pernil, diretor de criação da AlmapBBDO, a agência faz vários projetos em parceria com a Pedigree, muitos deles estimulando a adoção de cachorros. No caso da plataforma, a ideia é retribuir a ajuda que os cães dão aos humanos com a mesma deficiência.

"A gente constatou que todo mundo sabe o bem enorme que um cão-guia traz a alguém com deficiência visual. E aí nos perguntamos: e um cachorro quando começa a ficar cego o que podemos fazer por eles? Como melhorar a vida deles assim como eles melhoram as de tantas pessoas? Então percebemos que este é um problema bem comum, ainda mais com os cães vivendo cada vez mais. Constatamos também que muitas das soluções e meios de ajudar os cães são muito simples", afirma. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório
Open element in lightbox Open element in lightbox
Competição
Quer ganhar um
iPhone X no valor de R$ 7.799? Não, obrigado

Notícias ao Minuto
Inscreva-se agora e concorra ao
SMARTPHONE
Mais cobiçado do momento
Complete as 5 etapas para participar
Notícias ao Minuto