Meteorologia

  • 16 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Sol e pele delicada: é bom ter cuidado e atenção redobrados

A pele delicada, quando exposta ao sol de forma incorreta, acaba tendo reações diferentes e específicas como erupções cutâneas, coceira, entre outros sintomas

Sol e pele delicada: é bom ter cuidado e atenção redobrados
Notícias ao Minuto Brasil

07:00 - 16/09/18 por Notícias Ao Minuto

Lifestyle exposição

O uso do protetor solar e os outros cuidados com a exposição ao sol devem ser práticas adotadas por pessoas com todos os tipos de pele, principalmente as delicadas. Quem possui tons de pele mais claros, com tendência à acne ou acabou de passar por algum tratamento dermatológico, compõem esse grupo no qual a atenção com o sol deve ser redobrada.

A pele delicada, quando exposta ao sol de forma incorreta, acaba tendo reações diferentes e específicas como erupções cutâneas, coceira, machucados, vermelhidão e pequenas bolhas, além do risco de câncer de pele. Se usado da maneira adequada e seguindo as orientações corretas de um dermatologista, que pode orientar desde o fator de proteção à textura ideal do produto, o protetor solar ajuda a evitar esses problemas.

Pensando na pele delicada, veja algumas dicas que podem contribuir na escolha do protetor solar mais adequado para cada necessidade:

+ Tontura não é sintoma apenas de labirintite, explica otorrino

Tendência à acne

Um dos principais cuidados que se deve ter ao expor a pele com acne à luz solar é com a hiperpigmentação pós-inflamatória, ou seja, quando há o risco de surgir pequenas manchas, espinhas ou outras lesões na pele. Os medicamentos para acne também podem aumentar a sensibilidade ao sol. Nesses casos, é importante usar protetores que atendam a necessidade da pele oleosa e propensa à acne. É o caso do Eucerin SUN Creme-Gel Oil Control Toque Seco FPS 60, com textura leve e que ajuda a controlar a oleosidade da pele.

Após tratamentos dermatológicos

Procedimentos como laser e peelings químicos, ou outros processos dermatológicos, podem deixar a pele mais sensível e irritada, tornando-a mais vulnerável. Por isso, após esse tipo de tratamento, é aconselhável evitar a exposição ao sol. No caso da necessidade de exposição moderada com a pele já íntegra, consulte seu dermatologista para verificar o protetor ideal para as condições da sua pele. É importante ressaltar que a luz do sol é fundamental para a saúde, e evitá-la não é aconselhável. Ela ajuda o corpo a liberar endorfina, melhorar a circulação, o metabolismo e a produtividade. Por isso, a exposição ao sol é essencial, devendo ser realizada de maneira moderada e com a pele devidamente protegida.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório