Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Tropas das Forças Democráticas da Síria abandonaram Ras al-Ain

O líder das FDS, Mazloum Abdi, tinha dito no sábado, à France Presse, que os seus combatentes se retirariam da cidade, tal como estava estipulado

Tropas das Forças Democráticas da Síria abandonaram Ras al-Ain
Notícias ao Minuto Brasil

14:00 - 20/10/19 por Notícias Ao Minuto

Mundo Síria

As Forças Democráticas da Síria (FDS), dominadas por combatentes curdos, retiraram-se hoje da cidade Ras al-Ain, no norte da Síria, sitiada por forças turcas e auxiliares sírios, segundo o Observatório de Direitos Humanos (OSDH).

O líder das FDS, Mazloum Abdi, tinha dito no sábado, à France Presse, que os seus combatentes se retirariam da cidade, tal como estava estipulado, no acordo de tréguas feito com Washington.

A promessa foi cumprida e as tropas retiraram-se hoje da região fronteiriça, com 32 quilómetros de extensão, depois de os soldados turcos as terem deixado sair de Ras al-Ain.

A Turquia também já confirmou a saída dos combatentes curdos, após as tréguas negociadas com os Estados Unidos.

"Um comboio de cerca de 55 veículos entrou em Ras al-Ain e um comboio de 86 veículos partiu para Tal Tamr", lê-se num comunicado do Ministério da Defesa turco, que também transmitiu imagens da retirada dos soldados.

Após conversações na quinta-feira com o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, a Turquia concordou em suspender a sua ofensiva militar no norte da Síria por cinco dias, para permitir que as forças curdas se retirassem da área de fronteira.

O presidente turco, Recetp Tayyip Erdogan, ameaçou retomar as hostilidades se os combatentes curdos não se retirarem da cidade síria.

Campo obrigatório