Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Cachorrinho morre de ataque cardíaco por medo de fogos-de-artifício

Donos de animais se queixam do impacto do barulho em cães e gatos

Cachorrinho morre de ataque cardíaco por medo de fogos-de-artifício
Notícias ao Minuto Brasil

00:30 - 06/11/19 por Notícias Ao Minuto

Mundo fogos de artificio

A dona de um cachorro de apenas 18 semanas de vida garante que o pequeno animal morreu por causa de um ataque cardíaco causado pelo medo do barulho de fogos-de-artifício. Susan Paterson, a dona do terrier, diz que o animal "morreu de medo" por causa das "explosões barulhentas" que se ouviram na área de Wombwell, em South Yorkshire, Inglaterra.

A mulher recorreu às redes sociais para denunciar o caso. "Pensem nos animais. A Molly tinha 18 semanas de idade e morreu assustada com os fogos-de-artifício", escreveu, solicitando às pessoas que assinem a petição que pede uma revisão das leis sobre uso de material pirotécnico.

A petição já conta com mais de 530 mil assinaturas.

De acordo com a Sky News, a RSPCA, maior associação de apoio animal do Reino Unido, recebeu desde 2014 mais de 2.200 queixas por causa do uso de fogos-de-artifício e do seu impacto nos animais.

Veja o vídeo de um Border Collie a tremer de medo depois de ouvir o barulho dos fogos-de-artifício. O vídeo foi filmado na Escócia e publicado nas redes sociais pela dona, Karen Palmer, que o tenta acalmar.

Uma sondagem feita pela associação revelou que 62% dos donos de cães indicaram que o seu animal mostra sinais de stress e sofrimento em épocas do ano em que se ouvem fogos-de-artifício. No caso dos gatos a é percentagem é de 54%.

Campo obrigatório