Meteorologia

  • 20 FEVEREIRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Como salvar o seu casamento, em apenas dois minutos

Heidi Poelman lançou um livro que promete ser a solução para os problemas das pessoas que estão muito ocupadas para se dedicarem às suas relações

Como salvar o seu casamento, em apenas dois minutos
Notícias ao Minuto Brasil

06:45 - 03/08/15 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Dicas

Com o excesso de trabalho e o stress do dia a dia, é comum acabar por negligenciar o casamento ou a relação amorosa. O livro de Heidi Poelman, ‘guru de relações’, como descreve o Daily Mail, 'The Two-Minute Marriage Project: Simple Secrets For Staying In Love' alega que pequenas mudanças podem ter resultados radicais na ‘saúde’ da sua relação amorosa.

Estas mudanças podem até salvar um casamento à beira da ruína, e não lhe tomam mais do que dois minutos, como destaca o mesmo site.

Se foque nas partes positivas e não nas negativas.

Se estão juntos é porque há algo que o fez apaixonar-se pelo seu companheiro e vice-versa. Mas com o passar do tempo é normal que se comece a focar nos defeitos da pessoa que está com você em vez de se focar nas qualidades. E são estas pequenas coisas que podem corroer a relação. Se foque nas coisas que a sua cara-metade faz por você, nas qualidades e no quão feliz essa pessoa o faz sentir.

Não se esqueça de beijar.

Tente beijar o seu companheiro, de forma apaixonada e íntima, pelo menos uma vez por dia. Estudos revelam que os casais podem passar até uma semana sem se beijarem porque estão muito ocupados. Tentem se beijar pelo menos uma vez por dia e cultivar o amor que os une.

Celebrem as vitórias um do outro.

Se algum dos dois tem boas notícias, como uma promoção no trabalho, por exemplo, celebrem. É uma boa forma de se apoiarem e de passarem momentos felizes. Vão jantar fora ou abre um espumante em casa. Se celebra as vitórias dos seus amigos, porque não haveria de celebrar as vitórias do seu marido ou da sua mulher?

Diga ‘nós’, e não ‘eu’.

Parece um pormenor, mas descrever o seu casamento ou relação como uma ‘equipe’ e não como dois indivíduos, pode ser uma boa forma de se aproximarem. Claro que as opiniões são pessoais, mas quando descreve o seu dia, por exemplo, em vez de dizer ‘eu’ fui jantar com o meu marido ou mulher, porque não dizer ‘nós fomos’ aqui ou ali, por exemplo.

Não se esqueça de que assim como são as pequenas coisas que podem acabar com uma relação, também são elas que podem fazer com que um casamento seja feliz e duradouro. Lembre-se das datas, faça pequenas surpresas, mimem-se e acima de tudo, faça da relação uma prioridade, aconselha o mesmo livro.

Campo obrigatório