Meteorologia

  • 08 ABRIL 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Covid-19: Joe Biden pede a Trump para reforçar autoridade federal

O pré-candidato democrata às presidenciais nos Estados Unidos Joe Biden pediu hoje ao Presidente norte-americano, Donald Trump, para que use toda a força da autoridade federal na luta contra o novo coronavírus.

Covid-19: Joe Biden pede a Trump para reforçar autoridade federal
Notícias ao Minuto Brasil

15:25 - 23/03/20 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Covid-19

O pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos Joe Biden pediu hoje ao Presidente Donald Trump para que use toda a força da autoridade federal na luta contra o novo coronavírus.

Numa comunicação 'online' a partir de sua casa, no estado de Delaware, Biden pediu a Trump para começar a agir como "o Presidente de guerra", que tem afirmado ser.

O ex-vice-Presidente democrata também censurou os republicanos no Congresso por terem pressionado um projeto de estabilização econômica que, na sua perspectiva, contém um "fundo de suborno" de 500 milhões de dólares para as grandes empresas, em vez de dar prioridade aos trabalhadores.

Os comentários de Joe Biden foram os primeiros que ele se propõe começar a realizar com caráter regular, como contraponto às aparições diárias de Donald Trump na sala de reuniões da Casa Branca para fazer um ponto de situação sobre o combate à pandemia da covid-19, provocada pelo novo coronavírus.

Joe Biden elogiou Trump por ativar a Guarda Nacional nos estados de Nova Iorque, Califórnia e Washington.

Hoje, o Presidente americano sugeriu que não tem certezas sobre a eficácia de prolongar o prazo de 15 dias de encerramento dos serviços não essenciais nos EUA, enquanto os seus assessores alertam para o aprofundamento da crise sanitária.

Trump diz que receia o efeito econômico de um prolongamento da crise.

"Não podemos deixar que a cura seja pior que o problema", escreveu Trump na sua conta pessoal da rede social Twitter, referindo-se à possibilidade de relaxar as medidas de confinamento geral.

Contudo, os assessores de política de saúde têm alertado o Presidente para os riscos que o país ainda corre, se não tomar medidas severas.

Sobre esta questão, o candidato Joe Biden disse que Trump também deve convocar as forças de reserva médica dos militares e ativar mais guardas estaduais para montar hospitais de campanha por todo o país.

O ex-vice-Presidente de Barack Obama, que disputa as primárias democratas com o senador Bernie Sanders, criticou a relutância de Trump em usar a Lei de Produção de Defesa, que permite obrigar as empresas norte-americanas a produzir para suprir carências de material em falta, como máscaras, luvas e ventiladores.

Os Estados Unidos já registraram mais de 30 mil casos de infecção pelo novo coronavírus, que provocaram cerca de 350 mortes no país.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 341 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 15.100 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adotaram medidas excepcionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Campo obrigatório