Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Pandemia matou mais de 320 mil, infectados são mais de 4,8 milhões

Atualmente, pelo menos 1.770.500 pacientes são considerados curados.

Pandemia matou mais de 320 mil, infectados são mais de 4,8 milhões
Notícias ao Minuto Brasil

19:00 - 19/05/20 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Covid-19

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 320.255 pessoas e infectou mais de 4,8 milhões em todo o mundo desde dezembro quando surgiu na China, segundo um balanço da agência AFP hoje, baseado em dados oficiais dos países. De acordo com os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, 4.850.670 casos de contaminação foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro passado, na província chinesa de Wuhan.

Contudo, a AFP alerta que o número reflete apenas uma fração do seu total real, já que muitos países estão testando apenas aqueles que necessitam de cuidados hospitalares. Atualmente, pelo menos 1.770.500 pacientes são considerados curados.

Desde a contagem feita na segunda-feira, 4.242 novas mortes e 90.108 novos casos foram identificados.

Os países com mais mortes nas últimas 24 horas são os Estados Unidos (1.305), o Brasil (674) e o Reino Unido (545).

Os Estados Unidos, que tiveram a primeira morte no território ligada ao coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de óbitos e de casos, com 91.179 mortes e 1.519.986 casos.

Pelo menos 283.178 pessoas foram declaradas curadas até hoje pelas autoridades norte-americanas.

Os outros países são o Reino Unido, com 35.341 óbitos e 248.818 casos, a Itália, com 32.169 mortes (226.699 casos), a França, com 28.022 mortes (180.809 casos) e a Espanha, com 27.778 falecimentos (232.037 casos).

Entre os países mais atingidos, a Bélgica continua a ser o que registra mais óbitos face à sua população, com 79 mortes por cada 100.000 habitantes, seguida pela Espanha (59), Itália (53), Reino Unido (52) e França (43).

A China (sem os territórios autônomos de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou oficialmente um total de 82.960 casos (seis novos entre segunda-feira e hoje), incluindo 4.634 mortes (0 novas) e 78.241 recuperações.

A Europa totalizava hoje, 168.394 mortes e 1.927.826 casos, os Estados Unidos e o Canadá 97.175 mortes (1.599.056 casos), a América Latina e Caribe 30.677 óbitos (551.473 casos), a Ásia 12.695 mortes (376.867 casos), o Oriente Médio 8.320 mortes (297.381 casos), África 2.866 mortes (89.659 casos) e a Oceânia 128 mortes (8.414 casos).

Esta avaliação foi realizada usando dados coletados pelos escritórios da AFP junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS). A AFP avisa, porém, que devido a correções pelas autoridades ou a liberação tardia de dados, os números referentes ao aumento de 24 horas no número de casos e mortes podem não corresponder exatamente aos divulgados no dia anterior.

Campo obrigatório