Meteorologia

  • 11 JULHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Alemanha inicia mega processo contra 30 mil suspeitos de pedofilia

Durante a investigação foram também detectados diversos "grupos de discussão" na Internet que contavam com a participação de milhares de pessoas.

Alemanha inicia mega processo contra 30 mil suspeitos de pedofilia
Notícias ao Minuto Brasil

23:15 - 29/06/20 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Pedofilia

A justiça alemã está investigando cerca de trinta mil pessoas suspeitas de envolvimento num vasto caso de pedofilia na zona ocidental do país. "Queremos retirar do anonimato da Internet aqueles que são responsáveis pelos abusos a crianças e aqueles que os apoiam", anunciou hoje numa coletiva de imprensa o ministro da Justiça da região de Renânia do Norte-Vestefália, Peter Biesenbach. 

Até ao momento, cerca de 70 pessoas da cidade de Bergisch Gladbach foram apontadas como suspeitas no caso.

De acordo com fontes judiciais estas pessoas são suspeitas de abusos contra crianças durante vários anos e de terem captado imagens difundidas em grupos na Internet.

Os investigadores já identificaram pelo menos 40 vítimas tendo sido inicialmente alertados pelas autoridades policiais canadenses sobre conteúdos pedopornográficos na região da Renânia do Norte-Vestefália. 

Um homem de 42 anos já foi preso e deve começar a ser julgado em agosto. A polícia alemã encontrou no apartamento do indivíduo uma grande quantidade de material pedopornográfico.

Durante a investigação foram também detectados diversos "grupos de discussão" na Internet que contavam com a participação de milhares de pessoas.  Todos os utilizadores dos "grupos de discussão" na Internet são alvo da Justiça alemã.

Nos últimos anos têm sido investigados e julgados vários casos de pedofilia na Alemanha. 

"Os autores que comunicam através dos grupos na Internet consideram 'normais' os maus tratos a crianças e encontra-se um grande número de pessoas que partilham as mesmas ideias", acrescentou Biesenbach.

"Se quisermos lutar ativamente contra os maus tratos a crianças através do uso da Internet, devemos igualmente encontrar uma regulação legal sobre armazenamento de dados", disse ainda o ministro da região alemã.

 

Campo obrigatório