Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mundo ultrapassa 20 milhões de casos oficiais de Covid-19

O Brasil tem pelo menos 15% dos casos confirmados da doença. O número pode ser maior, já que há subnotificação

Mundo ultrapassa 20 milhões de casos oficiais de Covid-19
Notícias ao Minuto Brasil

05:49 - 11/08/20 por Folhapress

Mundo CORONAVIRUS-MUNDO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mais de 20 milhões de casos do novo coronavírus foram registrados oficialmente no mundo, mais da metade deles nas Américas, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins (EUA) com dados até esta segunda-feira (10).Um total de 20.001.019 de pessoas tiveram a doença, das quais 733.897 morreram.

Mais de quatro em cada 10 casos estão localizados em Estados Unidos e Brasil, países mais afetados pela pandemia, com 5.085.821 e 3.057.470 casos, respectivamente (163.370 e 101.752 mortos).

O Brasil tem pelo menos 15% dos casos confirmados da doença. O número pode ser maior, já que há subnotificação.

Atrás de EUA e Brasil, Índia e Rússia têm mais casos da Covid-19, com 2.215.074 e 890.799 infectados respectivamente. Mas o terceiro e quarto lugar no ranking de mortes é ocupado pelo México e o Reino Unido, com 52.298 e 46.611 óbitos.

De acordo com dados da universidade dos EUA, o ritmo da pandemia parece estabilizar-se no mundo, em patamares altos. Desde meados de julho, um milhão de novos casos são detectados a cada quatro dias, aproximadamente.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou que o coronavírus era uma pandemia no dia 11 de março, quando havia 118 mil casos e 4.291 mortes em todo mundo. A marca de 10 milhões de contaminações foi superada em 28 de junho. O número de casos registrados duplicou desde então, em apenas um mês e meio.

A América Latina e o Caribe, regiões do mundo mais afetadas em número total de casos (5,6 milhões de casos) e de óbitos (221 mil), continuam registrando um avanço rápido da pandemia, com 576.583 novas infecções declaradas nos últimos sete dias.

A Índia é o país do mundo com mais novos casos registrados na última semana (402 mil), à frente dos Estados Unidos (376 mil), que no domingo superou a marca de 5 milhões de contágios oficialmente contabilizados, e do Brasil (301 mil).

O número global de infecções reflete uma parte do verdadeiro tamanho da pandemia, já que muitos países recorrem a testes de detecção somente para rastrear surtos ou não possuem recursos suficientes para a realização de grandes campanhas de detecção de casos.

Campo obrigatório