Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Pesquisas não têm valor se eleitores ficarem em casa, diz Obama em comício de Biden

O voto é facultativo nos EUA e pode ser feito de forma antecipada (pessoalmente ou pelo correio)

Pesquisas não têm valor se eleitores ficarem em casa, diz Obama em comício de Biden
Notícias ao Minuto Brasil

10:16 - 22/10/20 por Folhapress

Mundo EUA-ELEIÇÕES

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Barack Obama apareceu pela primeira vez em um evento de campanha de Joe Biden, seu ex-vice, na noite de quarta-feira (21) e pediu aos americanos que compareçam às urnas.

"Não estou nem aí para as pesquisas. Houve um monte de pesquisas da última vez, e não deu certo porque as pessoas ficaram complacentes em casa", disse ele sobre as eleições de 2016, quando o baixo comparecimento foi um dos fatores que prejudicaram a candidata democrata, Hillary Clinton.

O comício ocorreu na Filadélfia, a maior cidade da Pensilvânia, um estado-pêndulo –seus eleitores ora votam em republicanos, ora em democratas, e, por isso, os votos do estado podem ser decisivos nas eleições de 3 de novembro.

"Nós temos 13 dias até a eleição mais importante das nossas vidas. Você não precisa esperar até o dia 3 de novembro para votar. Quantas pessoas aqui já votaram?" disse o ex-presidente, que foi recebido com gritos e palmas.

O voto é facultativo nos EUA e pode ser feito de forma antecipada (pessoalmente ou pelo correio).

Enquanto o presidente Donald Trump apareceu em grandes eventos de campanha com multidões desrespeitando o distanciamento social, a Biden optou por eventos menores e com ingressos. O desta quarta aconteceu em um drive-in.

O democrata criticou fortemente a resposta de Trump à pandemia do novo coronavírus, dizendo várias vezes que a Casa Branca não tem planos para combater a Covid-19 e que o governo está em um impasse sobre a renovação do auxílio emergencial, planejado para expirar até o fim do ano.

"Donald Trump não vai nos proteger [da Covid-19], ele não consegue nem seguir as instruções para proteger a si mesmo!", disse Obama em referência ao diagnóstico de Covid-19 recebido pelo presidente no início deste mês.

Campo obrigatório