Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homem fica 172 dias na UTI por causa da Covid-19, mas acaba morrendo após ter alta

Mateos foi o paciente que mais tempo passou internado numa unidade de terapia intensiva na Espanha

Homem fica 172 dias na UTI por causa da Covid-19, mas acaba morrendo após ter alta
Notícias ao Minuto Brasil

06:42 - 22/10/20 por nmbr

Mundo Pandemia

Ángel

Mateos, o paciente que mais tempo esteve internado numa unidade de terapia intensiva na Espanha, morreu nesta quarta-feira (21), um mês e meio depois de abandonar a unidade, informou o Hospital de Igualada, através do Facebook. Contudo, não é explicado se a morte está relacionada com complicações derivadas do novo coronavírus.

O paciente, que trabalhava no hospital como auxiliar há mais de 20 anos, esteve internado na UTI durante 172 dias, de 16 de março a 3 de setembro. Mateos foi o paciente que mais tempo passou internado numa unidade terapia intensiva na Espanha.

"Queremos deixar as nossas condolências e toda a família e amigos pela morte do nosso queria companheiro Ángel

Mateos.

Ángel, lutados, deixas um grande vazio", pode ler-se na nota publicada nas redes sociais.

Durante o tempo que esteve nos cuidados intensivos apresentou diversas complicações muito graves, que fizeram temer pela sua vida. "É como uma fénix, que ressurgiu uma e outra vez", disse na altura o chefe de serviço da anestesiologia.

No início da setembro, o hospital informou-o que tinha vencido "o primeiro combate", mas alertaram para o longo caminho que seria a sua recuperação, para reeducar o corpo e recuperar os músculos perdidos.

Campo obrigatório