Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Comentarista de direita se vangloria de furar quarentena na Austrália e é deportada

Katie Hopkins, 46, estava em Sidney para participar do reality show Big Brother VIP, e, de quarentena em um hotel, publicou um vídeo no Instagram fazendo piada sobre ter recebido uma refeição no quarto nua e sem máscara

Comentarista de direita se vangloria de furar quarentena na Austrália e é deportada
Notícias ao Minuto Brasil

06:07 - 21/07/21 por Folhapress

Mundo AUSTRÁLIA-CORONAVÍRUS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo australiano cancelou o visto e deportou uma comentarista britânica de extrema-direita conhecida por negar a pandemia da Covid-19 e por observações xenofóbicas contra imigrantes.

Katie Hopkins, 46, estava em Sidney para participar do reality show Big Brother VIP, e, de quarentena em um hotel, publicou um vídeo no Instagram fazendo piada sobre ter recebido uma refeição no quarto nua e sem máscara.

Segundo as normas do país, viajantes internacionais devem cumprir uma quarentena obrigatória de duas semanas em um hotel, e os hóspedes precisam aguardar 30 segundos antes de abrir a porta do quarto para receber entregas, até que o entregador tenha tempo de se afastar.

Com um aumento recente de novos casos, a Austrália endureceu as medidas de restrição para conter o avanço da variante delta, sobretudo na região de Sidney.

Cerca de metade da população do país, que tem registrado pouco mais de 100 casos da doença por dia, está em lockdown. Estrangeiros não podem entrar no país, mas algumas exceções foram abertas, como no caso de Hopkins, que é jornalista. O país é considerado um bom exemplo no manejo da pandemia, com apenas 915 mortes.

"Acho que foi vergonhoso. O fato de que ela estava lá fazendo piada sobre quebrar a quarentena é apavorante. Foi um tapa na cara de todos os australianos que estão em lockdown, isso é um comportamento inaceitável. Pessoalmente, estou muito feliz que ela vai embora", disse a ministra do Interior, Karen Andrews, que havia determinado o serviço de fronteiras revisse "urgentemente se esse indivíduo cumpre o requisito para ter um visto".

Hopkins ficou famosa por comentários inflamados anti-imigração, que geraram críticas mesmo de oficiais das Nações Unidas. Mais recentemente, ela questionou no Instagram a seriedade da pandemia e a necessidade de medidas de restrição.

Quando chegou à Austrália, ela publicou um vídeo no Instagram em que diz que "o lockdown é a maior farsa da história da humanidade" e que os australianos passam pela quarentena "mais draconiana já imposta".

Depois da repercussão do comentário sobre receber a encomenda sem proteção, Hopkins publicou outro vídeo em que faz piada sobre a situação e usa sete máscaras no rosto.
A britânica foi multada em 1.000 dólares australianos (R$ 3.800), teve o visto cancelado e foi mandada de volta para o Reino Unido na segunda-feira (19).

"É incompreensível pensar que ela pode considerar que as medidas que tomamos para manter nossa comunidade segura podem ser tratadas de uma maneira tão juvenil e imbecil", disse o secretário de saúde de Nova Gales do Sul, estado onde fica a cidade de Sidney.

Campo obrigatório