Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

As imagens do novo rio de lava pode gerar outra fajã em La Palma

Vídeos mostram a intensidade do vulcão em La Palma, em atividade desde dia 19 de setembro.

Notícias ao Minuto Brasil

16:30 - 11/10/21 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Canárias

O desabamento do flanco norte do vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, na Espanha, originou no sábado um novo rio de lava que avança também na direção do mar, podendo causar outra fajã. Pelo caminho, vão sendo destruídos mais edifícios, casas e estradas. 

De acordo com a atualização feita já nesta segunda-feira, desde que entrou em erupção, o vulcão Cumbre Vieja já atingiu uma superfície de 525,77 hectares, destruindo 1.281 edifícios.

A lava também já arrasou 132 hectares de cultivos na ilha, onde predomina a plantação de bananas.

A Unidade de Emergência Militar (UME) está monitorando os fluxos de lava que foram reativados após o colapso parcial do cone vulcânico, disse o comandante Ángel Luis Fernández, chefe de operações daquela unidade, citado pela EFE.

No vídeo da galeria acima pode ver o momento em que um geólogo do Instituto Geológico e Mineiro da Espanha se depara com uma grande quantidade de lava após o colapso do lado norte do cone do vulcão. 

Nos registros abaixo pode assistir aos vários ângulos do avanço da lava na ilha. 

Os dois fluxos de lava avançam em direção ao oeste, onde se localizam La Laguna e Todoque. Ángel Luis Fernández disse também que os movimentos sísmicos são constantemente monitorados e que não há medo de novas erupções, embora exista um plano de contingência em vigor.

O vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção em 19 de setembro, obrigando à retirada de mais de 6 mil pessoas das zonas afetadas. Desde que a lava chegou ao mar, a ilha de La Palma já cresceu 34 hectares (denominando-se esse território originado pela lava de fajã). 

Campo obrigatório