Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Suspeito de ataque em metrô de Nova York é preso pela polícia, diz TV

A informação foi confirmada por três fontes policiais ao canal norte-americano CNN

Suspeito de ataque em metrô de Nova York é preso pela polícia, diz TV
Notícias ao Minuto Brasil

17:48 - 13/04/22 por Folhapress

Mundo Segurança

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Frank James, o homem suspeito de abrir fogo dentro de um vagão do metrô do Brooklyn, em Nova York, foi preso na tarde desta quarta-feira (13) após passar um dia sendo procurado pela polícia norte-americana. A informação foi confirmada por três fontes policiais ao canal norte-americano CNN.

Segundo a emissora, o homem foi detido no bairro East Village, a mais de 7 km de distância do Brooklyn, onde o crime foi registrado.

O norte-americano de 62 anos foi identificado pela polícia poucas horas após o ataque. Chaves de uma caminhonete alugada por ele foram encontradas na cena do crime e ele foi definido como um "homem perigoso" pelo Governo de Nova York.

Frank teria entrado no vagão com um colete amarelo similar ao de trabalhadores do metrô e colocado uma máscara de gás antes de abrir fogo contra passageiros. A motivação do ataque ainda não foi esclarecida pela polícia.

Segundo o jornal The New York Post, James foi apontado pelos policiais como um homem problemático, que havia chamado a atenção anteriormente por ter disseminado discursos de ódio e ameaças em vídeos contra o prefeito de Nova York, Eric Adams. O infrator, que alegou ser diagnosticado com doença mental, disse que estava insatisfeito com os serviços de saúde pública direcionados às pessoas com os mesmos problemas.

Desde então, as autoridades passaram a monitorar as ações de James.

O CASO

A Polícia de Nova York foi acionada para uma ocorrência de pessoa baleada por volta das 8h30 no horário local (9h30 no horário de Brasília) em uma estação no Brooklyn localizada na rua 36.

Chegando ao local, onde passam as linhas D, N e R do metrô de Nova York, eles foram informados por testemunhas de que um homem vestido com colete de construção verde, com uma calça cinza e uma máscara de gás entrou no metrô e teria acionado uma bomba de fumaça. Quando o veículo parou na estação, ele teria começado a atirar nas pessoas, aparentemente sem alvo definido.

Muitos passageiros afirmaram que ouviram sons de explosão de várias bombas, mas o Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) declarou que, após uma longa varredura no local, não foram encontrados explosivos ativos. Contudo, informações da rede NBC confirmaram que, dentro da mochila do responsável pelo tiroteio, havia uma arma e fogos de artifício.

A emissora também divulgou que a arma usada no incidente acabou travando, o que provavelmente evitou uma tragédia maior.

Ao todo, 29 pessoas ficaram feridas no incidente e precisaram ser encaminhadas a hospitais. Dez delas foram atingidas por disparos de arma de fogo. Na manhã desta quarta, 10 pessoas continuavam internadas, mas nenhuma delas sofria risco de morte.

Campo obrigatório