Meteorologia

  • 01 JULHO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Rússia expulsa mais de 80 diplomatas de França, Espanha e Itália

Os funcionários das embaixadas foram declarados 'persona non grata' na Rússia

Rússia expulsa mais de 80 diplomatas de França, Espanha e Itália
Notícias ao Minuto Brasil

13:00 - 18/05/22 por Folhapress

Mundo Diplomacia

SÃO APULO, SP (FOLHAPRESS) - A Rússia anunciou nesta quarta-feira (18) que vai expulsar mais de 80 diplomatas franceses, espanhóis e italianos do país, na mais recente retaliação a países europeus que ordenaram a saída de funcionários russos.

O embaixador francês em Moscou, que foi convocado ao Ministério das Relações Exteriores da Rússia nesta quarta, divulgou uma nota afirmando que "34 funcionários de estabelecimentos diplomáticos franceses na Rússia foram declarados 'persona non grata'". Eles devem deixar a Rússia daqui em duas semanas.

Já a agência de notícias russa RIA informou, citando o Ministério das Relações Exteriores do país, que 24 diplomatas italianos serão expulsos pelo mesmo motivo. O mesmo ministério anunciou, pouco depois, a ordem de saída para 27 diplomatas espanhóis.

O ministério das Relações Exteriores francês divulgou um comunicado condenando "firmemente" a decisão e afirmando que a medida não tem "fundamentos legítimos".

A Itália também reagiu, com o primeiro-ministro, Mario Draghi, classificando a expulsão como "um ato hostil" e alertando que os canais diplomáticos com Moscou não devem ser interrompidos.
"Isso absolutamente não deve levar a uma interrupção dos canais diplomáticos, porque é através desses canais que, se conseguirmos, a paz será alcançada e isso é certamente o que queremos", disse Draghi.

Campo obrigatório