Meteorologia

  • 05 JULHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

EUA têm "obrigação moral" de liderar desarmamento, diz Obama

Os Estados Unidos foi "a única nação" que usou armas nucleares em combate

EUA têm "obrigação moral" de liderar desarmamento, diz Obama
Notícias ao Minuto Brasil

17:04 - 31/03/16 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Obama

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, defendeu que o seu país tem "a obrigação moral" de continuar a liderar o caminho para a eliminação mundial das armas nucleares, num artigo hoje publicado no diário The Washington Post.

"Penso que não devemos resignar-nos ao fatalismo de que a propagação de armas nucleares é inevitável", sustentou Obama no texto publicado por ocasião da IV Cimeira de Segurança Nuclear, que hoje começa em Washington, com a presença de líderes de mais de 50 países e a notada ausência da Rússia.

"[Alcançar] a segurança e a paz de um mundo sem armas nucleares é algo que não acontecerá rapidamente, talvez não aconteça durante a minha vida. Mas começamos a avançar para esse objetivo", sublinhou.

Segundo o Presidente norte-americano, os Estados Unidos, como "a única nação" que usou armas nucleares em combate, nos bombardeios das cidades japonesas de Hiroxima e Nagasaki durante a Segunda Guerra Mundial, "têm a obrigação moral de continuar a liderar o caminho para a eliminação" desse tipo de arsenais.

No artigo, Obama indicou que a cimeira que hoje se inicia na capital tem como principal objetivo "impedir que os terroristas obtenham e utilizem armas nucleares", como já havia adiantado a Casa Branca.

Os avanços do grupo extremista Estado Islâmico (EI) para além do Iraque e da Síria e os atentados terroristas da semana passada em Bruxelas elevaram o interesse da Casa Branca por abordar na cimeira o risco de esse ou outros grupos terroristas se apoderarem de materiais nucleares que vários países possuem para seu uso civil ou militar.

Campo obrigatório