Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Clássico "A Revolução dos Bichos", de Orwell, foi rejeitado por TS Eliot

Então editor, Eliot considerou o livro como "não convincente"

Clássico "A Revolução dos Bichos", 
de Orwell, foi rejeitado por TS Eliot
Notícias ao Minuto Brasil

10:29 - 31/05/16 por Notícias Ao Minuto

Mundo Orwell x Eliot

"As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outra vez; mas já era impossível distinguir quem era homem, quem era porco."

O célebre desfecho de um dos clássicos da literatura mundial do século XX, "A Revolução dos Bichos", de George Orwell, poderia ter ficado apenas nos rascunhos do autor inglês. Eleito um dos 100 melhores livros de língua inglesa pela revista Time, o livro foi rejeitado por T.S Eliot em 1944, um ano antes de seu lançamento.

O então editor, que em 1948 ganharia o prêmio Nobel de literatura, enviou uma carta de duas páginas na qual criticava o romance de Orwell, uma sátira ao regime stalinista. Em resumo, ele considerou o livro como "não convincente", segundo o jornal inglês Daily Mail.

Antes de publicar o livro, o autor ainda teria sido rejeitado outras três vezes, e chegou a considerar publicá-la em formato de panfletos.

De acordo com o Daily Mail, muitos editores acharam perigoso publicar uma crítica à União Soviética no momento em que o país era um aliado britânico na luta contra o nazismo de Adolf Hitler. Finalmente, em agosto de 1945, a Secker & Warburg decidiu publicar o livro.

Orwell, autor do também clássico 1984, morreu em 1950, pouco tempo depois do lançamento deste último, vítima da tuberculose.

Campo obrigatório