Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Saída do Reino Unido da UE pode durar anos; entenda o que acontece

A negociação do processo de saída é feita com os membros da UE e o prazo máximo é de dois anos, tendo o Parlamento Europeu poder de veto sobre qualquer novo acordo

Saída do Reino Unido da UE pode durar anos; 
entenda o que acontece
Notícias ao Minuto Brasil

12:30 - 24/06/16 por Notícias Ao Minuto

Mundo Brexit

A histórica decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, tomada nesta quinta-feira (23), muda a relação do país com os vizinhos do bloco, assim como as demais nações do mundo. A primeira mudança foi interna, com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciando que entregará o cargo. Ele defendia a permanência do país na UE.

De acordo com a BBC Brasil, ainda não se sabe quem vai assumir o posto, mas é provável que seja um membro importante do Partido Conservador, que lutou favoravelmente pelo “brexit”.

Conforme pontuou o portal IG, muitas outras mudanças vão acontecer. E além disso, a saída completa do Reino Unido da UE pode demorar anos, conforme ressaltou Cameron no plebiscito. A ativação da Cláusula 50 do Tratado de Lisboa, que funciona como uma Constituição Europeia, dá início ao processo formal de retirada do bloco. Quando o artigo é aceito, o país que está se retirando não pode voltar atrás. E uma possível volta ao bloco depende do aval unânime dos outros países que integram o grupo.

A negociação do processo é feita com os membros da UE e o prazo máximo é de dois anos, tendo o Parlamento Europeu poder de veto sobre qualquer novo acordo.

Os líderes da campanha decidiram pela não ativação imediata da cláusula para que a saída do Reino Unido seja amigável. A ideia é que os países filtrem melhor a informação. As negociações envolvem tratados internacionais, além da legislação britânica. Ou seja, a lei britânica vai derrubar a europeia no território inglês. A reportagem do IG também lembrou que há ao menos 80 mil páginas que envolvem acordos do país com o bloco.

Entre as nações do Reino Unido, a Escócia foi a que mais se mostrou contrária ao “brexit”. O país estuda votar independência do Reino Unido.

Campo obrigatório