Exército iraquiano avança contra o Estado Islâmico

Aldeias foram libertadas, 50 jihadistas morreram e material explosivo foi destruído

© Reuters
Mundo Ofensiva 11:38 - 19/10/16 POR Notícias Ao Minuto

Treze aldeias na região de Mossul, norte do Iraque, foram libertadas do Estado Islâmico, pelo menos 50 jihadistas morreram e dezenas de veículos com material explosivo foram destruídos. Este é o saldo da investida do exército iraquiano contra os extremistas, nas últimas 48 horas, segundo o comandante da divisão blindada do país, general Qassim al-Maliki.  

PUB

“As forças estão atacando pequenos grupos de resistentes escondidos em túneis improvisados. Muitos militantes do Estado Islâmico recuaram até a aldeia de Abassiya. Minhas forças capturaram dois em Kani Harami", declarou o comandante à CNN.

Já de acordo com a Reuters, os Estados Unidos acreditam que o Estado Islâmico usará armas químicas para tentar repelir uma ofensiva liderada pelo Iraque.

No entanto, autoridades norte-americanas não acreditam que o grupo jihadista tenha obtido sucesso, até o momento, no desenvolvimento de armas químicas com efeitos letais, o que significa que armas convencionais ainda são as ameaças mais perigosas para forças curdas e iraquianas. 

Leia também: Futuro da humanidade será terrível, apontam os EUA 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X