Os segredos que Fidel Castro levou para o túmulo

A vida pessoal do líder cubano era bastante reservada, mas isso não impediu que pesquisadores investigassem a fundo os seus mistérios

© Reuters
Mundo Fidel Castro 19:05 - 27/11/16 POR Notícias Ao Minuto

Por ser um alvo para autoridades americanas e cubanos exilados, Fidel Castro era líder reservado e deixou detalhes da sua vida privada escondidos durante décadas. É claro que jamais saberemos quantos segredos o líder cubano levou para o túmulo, mas o R7 fez uma lista de lendas sobre sua vida pessoal que permanecem bem vivas.

PUB

1- Nome: Apesar de seu nome oficial ser Fidel Alejandro, a historiadora brasileira Cláudia Furiati documentou em seu livro " Fidel Castro: A História me Absolverà" que em sua certidão de batismo o líder cubano está registrado como Fidel Hipólito Ruz González.

2- Data de nascimento: Segundo informações oficiais, Fidel Castro veio ao mundo em 1926, mas pesquisadores e biógrafos dizem que o líder só teria nascido em 1927. Durante entrevista, a jornalista americana Barbara Walters perguntou, em 1977, qual seria o ano verdadeiro e Fidel teria respondido "fico com a data menos favorável".

3 - Filhos: Até hoje não se sabe, ao certo, quantos filhos Fidel Castro teria, mas a jornalista americana Ann Louise Bardach publicou em seu livro que seriam, ao todo, 11 filhos, entre os legítimos e os ilegítimos.

4 - Apaixonado por esportes:  Uma das histórias contadas sobre Fidel Castro é que ele era um grande fã de beseibol e que teria, inclusive, tentado jogar para o New York Yankees. Mas muitos pesquisadores acreditam que tudo isso não passou de uma lenda. Sobre este assunto, o professor da Universidade de Yale, Roberto González Echevarría, escreveu em seu livro "Uma história do beisebol cubano": "Em um país como Cuba, onde a cobertura dos esportes era ampla e completa (…) não há nenhum registro de que Fidel Castro tenha jogado, e muito menos de que tenha sido estrela de alguma equipe".

5 - Hollywood: Reza a lenda que Fidel Castro teria participado como figurante em duas produções de Hollywood antes de chegar ao poder em Cuba: o musical Holiday in Mexico, em 1946, e a comédia Easy to Wed em 1946. Ao todo, pesquisadores apontam que ele teria participado de 48 documentários e séries.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X