Presidente da Coreia do Sul afirmou que pode entregar o cargo

Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, comunicou que se destituirá logo que o Parlamento sul-coreano elabore um plano de transição segura do poder

© Reuters
Mundo destituição 05:18 - 29/11/16 POR Notícias Ao Minuto

Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye afirmou, nesta terça-feira (29), estar disposta a se destituir se o Parlamento conseguir elaborar um plano de transição.

PUB

Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, comunicou que se destituirá logo que o Parlamento sul-coreano elabore um plano de transição segura do poder, diz a agência Associated Press.

"Eu entrego a decisão sobre meu destino, inclusive no que se trata da redução do meu mandato, às mãos da Assembleia Nacional. Se tanto o partido no poder, como os partidos de oposição discutirem e chegarem a um plano que diminua o alvoroço nos negócios do Estado e garanta uma transição segura do poder, eu deixarei o cargo presidencial de acordo com este plano e os procedimentos estabelecidos pela lei", manifestou Park Geun-hye na terça-feira (29).

O escândalo político em redor da presidente sul-coreana se estourou após Park Geun-hye ter se desculpado publicamente por o chamado "vazamento" de dezenas de textos dos discursos presidenciais, mesmo antes de eles serem pronunciados, para sua amiga chegada, Choi Soon-sil.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X