'Polvo-matador'? Tabloide britânico descreve 'nova arma da Rússia'

A criatura causou a morte de pelos menos dois participantes da expedição

© Reuters
Mundo Organism 46-B 13:20 - 30/11/16 POR Notícias Ao Minuto

O tabloide britânico Daily Express informou que um enorme polvo-matador venenoso se tornou a nova arma secreta da Rússia.

PUB

O bicho é capaz de paralisar uma pessoa a algumas dezenas de metros de distância.

Anton Padalka, ex-participante de uma expedição científica ao Ártico, revelou ao jornal que, durante essa viagem, a equipe de cientistas descobriu um "monstro" conhecido como Organism 46-B. O achado foi feito nas águas árticas do lago Vostok, debaixo do gelo, informa o interlocutor da edição.

Segundo ele, o governo russo imediatamente tomou a "descoberta" sob custódia e agora está examinando como o país poderá usar as capacidades de destruição do polvo. Padalka contou que o polvo Organism 46-B foi encontrado "em sua plena capacidade ofensiva" abaixo de uma camada densa de gelo, onde a criatura causou a morte de pelos menos dois participantes da expedição.

"Encontramos o Organism 46-B no primeiro dia da expedição. A criatura deixou os nossos rádios fora de funcionamento. Após isso, descobrimos que o polvo fez isso de propósito, algo que nos assustou bastante", descreve Padalka.

Em seguida, o polvo paralisou um "amigo e colega de trabalho" do pesquisador a uma distância de quase 46 metros ao liberar veneno na água.

"Meu amigo, com um sorriso de felicidade, caminhou indeciso em direção à criatura. Ficamos parados, boquiabertos, observando [o monstro] arrancar a cabeça com os tentáculos, jogando os restos na boca. Parece que a criatura conseguiu hipnotizar o meu amigo por meio de telepatia", conta Padalka.

Pelo preço da vida de mais um cientista, a equipe conseguiu apanhar o polvo gigante e colocá-lo em um sarcófago, que posteriormente foi levado pelo governo sem contar nada para ninguém.

Padalka, que, por milagre, conseguiu sobreviver, tem pressa para contar a todos sobre a "nova arma secreta de Putin", conclui Daily Express.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X