Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2017
Tempo
MIN 8º MÁX 8º

Edição

Ex-premiê Tony Blair pede que povo 'se levante' contra o 'brexit'

"As pessoas votaram sem ter conhecimento dos verdadeiros termos em que se daria o 'brexit'", declara ex-primeiro-ministro britânico

Ex-premiê Tony Blair pede que povo 
'se levante' contra o 'brexit'
Notícias ao Minuto Brasil

11:29 - 17/02/17 por Folhapress

Mundo Reino Unido

O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair quer convencer os cidadãos do país a "se levantar" contra o "brexit", o projeto de saída da União Europeia (UE), aprovado em plebiscito em junho de 2016.

"As pessoas votaram sem ter conhecimento dos verdadeiros termos em que se daria o 'brexit'. Na medida em que esses termos são esclarecidos, as pessoas têm o direito de mudar de opinião", disse Blair em evento em Londres. "Nossa missão é convencê-las a fazer isso."

A declaração de Blair é feita em um momento em que as lideranças dos principais partidos políticos do país, contrárias ao "brexit" até o plebiscito do ano passado, defendem o compromisso de "respeitar a vontade do povo" e levar a cabo a saída da UE.

De acordo com Blair, as pessoas contrárias ao "brexit" devem "expor incansavelmente os custos reais" da saída da UE a fim de "encontrar uma solução para a atual corrida em direção à beira do penhasco".

"Eu não sei se nós obteremos sucesso. Mas eu sei que sofreremos um julgamento racoroso das gerações futuras caso não tentemos", afirmou Blair, primeiro-ministro pelo Partido Trabalhista entre 1997 e 2007.

A Câmara baixa do Parlamento britânico aprovou na semana passada por ampla maioria que a primeira-ministra, a conservadora Theresa May, dê início às negociações com a UE para a saída do Reino Unido do bloco.

Caso a tramitação do projeto na Câmara alta siga sem grandes reviravoltas, May poderá começar o diálogo com a cúpula da UE até o fim de março, como prevê o cronograma do governo. As negociações deverão levar dois anos, que definirão o futuro econômico britânico e do acordo de 27 países. Com informações da Folhapress.

Leia também: Imprensa norte-americana responde às críticas feitas por Trump

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório