Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Campanha de Macron tem documentos vazados no WikiLeaks

Divulgação aconteceu poucas horas antes de encerrar período de campanha

Campanha de Macron tem documentos
 vazados no WikiLeaks
Notícias ao Minuto Brasil

21:35 - 05/05/17 por Notícias Ao Minuto

Mundo hacker

Diversos documentos de supostos e-mails e conteúdos da campanha do candidato à Presidência da França, Emmanuel Macron, vazaram na noite de sexta-feira (5), poucas horas antes de encerrarem-se as votações. Os responsáveis pela campanha eleitoral do candidato alegaram terem sido vítimas de "uma operação de hackeamento massiva e coordenada".

As campanhas para a corrida eleitoral encerraram-se também nesta sexta, ficando proibidos comícios ou declarações eleitorais até o fechamento das urnas, neste domingo (7).

Cerca de 9 gigabytes de dados foram divulgados por um usuário que assina como EMLEAKS (em referência às iniciais do candidato). O WikiLeaks também divulgou um link para download dos documentos.

Em resposta, a equipe de Macron disse que documentos autênticos e roubados foram misturados para "para criar dúvida e desinformação", pois os autores tinham "clara intenção de prejudicar o candidato".

A equipe de Macron disse à "Reuters" que não vai "tolerar a destruição dos interesses vitais da democracia", e que "tomará todas as medidas apropriadas para esclarecer esta operação sem precedentes".

Segundo a campanha, foram realizadas invasões a contas de e-mails pessoais e profissionais de membros do partido. O Ministério do Interior ainda não se pronunciou.

Leia também: Dois manifestantes são baleados e mortos em protestos na Venezuela

Campo obrigatório