Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Presidente catalão pede 2 meses de negociação à Espanha

Carles Puigdemont enviou carta nesta segunda-feira ao primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy

Presidente catalão pede 2 meses de negociação à Espanha
Notícias ao Minuto Brasil

07:12 - 16/10/17 por Notícias Ao Minuto

Mundo Independência

O governo da Catalunha tem manifestou esta terça-feira (16) que quer dois meses para negociar um possível processo de independência da Espanha. "Durante os dois próximos meses, nosso principal objetivo é fazê-lo dialogar", escreveu o presidente catalão, Carles Puigdemont, segundo uma cópia de sua carta ao primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy obtida pela AFP.

A Catalunha tinha até hje para responder ao governo central espanhol sobre a declaração de independência da região. A Espanha solicitou esclarecimento formal sobre a declaração feita presidente catalão, Carles Puigdemont no último dia 10. 

No discurso, sobre o referendo separatista, Puigdemont deixou dúvidas sobre se houve ou não declaração de independência ao governo central. A votação teve taxa de comparecimento de 43%, dos quais 90% apoiaram separação do país e a formação de uma república. Para o líder catalão, com esse resultado, a região ganhou o "direito de ser independente, a ser ouvida e a ser respeitada".

+ Papa torna santos os primeiros 30 mártires do Brasil

"O conselho de ministros concordou exigir formalmente ao governo catalão que confirme se declarou a independência da Catalunha à margem da confusão criada sobre a sua entrada em vigor", afirmou o primeiro-ministro, Mariano Rajoy, em discurso exibido pela televisão.

"Com a decisão adotada o governo quer evitar a confusão gerada pelas autoridades do governo catalão sobre uma questão que os afeta e preocupa tanto", disse Rajoy. "A resposta do presidente catalão determinará o futuro dos acontecimentos nos próximos dias", afirmou, acrescentando que continua agindo de forma "cautelosa e responsável".

Campo obrigatório