Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Terremoto no Irã soterra 200 pessoas em conjunto residencial

Operações de resgate estão em curso, de acordo com governo

Terremoto no Irã soterra 200 pessoas em conjunto residencial
Notícias ao Minuto Brasil

11:40 - 13/11/17 por ANSA

Mundo Desastre

Mais de 200 pessoas estariam soterradas sob os escombros de um conjunto residencial em Sarpol-e Zahab, no Irã, após o forte terremoto que atingiu a região na noite deste domingo (13). A informação foi dada por socorristas que atendem nessa cidade, a mais atingida pelo tremor. Até o momento, foram confirmadas 348 mortes e 6.603 feridos.

Entenda o caso

O terremoto que atingiu a região na fronteira entre o Irã e o Iraque ontem (12) provocou a morte de ao menos 339 pessoas, além de deixar 2.530 feridos, de acordo com um novo balanço de vítimas divulgados pela emissora Press TV.

+ Mais de 340 pessoas morrem em terremoto entre Irã e Iraque

O tremor de terra, de magnitude de 7,2 graus, afetou de maneira mais grave o Irã, com 328 mortos, principalmente a província de Kermanshah e a cidade de Sarpol-e Zahab. Na região do Curdistão iraquiano, foram reportadas 11 vítimas. O terremoto foi registrado às 21h48 (15h48 no horário de Brasília).   

O epicentro do tremor foi a 32 km a sudoeste da cidade iraquiana de Halabja, no Curdistão, e a cerca de 300 km a noroeste da capital Bagdá. "O objetivo agora é acelerar o envio de ajudas e as operações de socorro das pessoas soterradas nos escombros", informou o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei. A Turquia anunciou que o primeio comboio com ajuda humanitária já partiu para a zona do terremoto.

De acordo com o premier Binali Yildirim, a Defesa Civil Turca (Afad) enviou comida, remédios, 4 mil tendas de abrigo e 7 mil cobertores, além de profissionais médicos e de resgate. O terremoto foi sentido também no sudeste da Turquia, mas não provocou danos. O primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, garantiu também que o país está pronto para oferecer ajuda ao Irã e ao Iraque. Com informações da ANSA.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório