Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Passagem de Gaza vai permanecer fechada por ataque no Sinai

A passagem fronteiriça entre o Egito e a Faixa de Gaza, cuja reabertura estava programada para sábado, permanecerá fechada até novo aviso devido ao ataque de hoje na mesquita na província Norte do Sinai, anunciou fonte palestiniana.

Passagem de Gaza vai permanecer fechada por ataque no Sinai
Notícias ao Minuto Brasil

17:53 - 24/11/17 por Lusa

Mundo Egito

"O lado egípcio informou-nos que o posto fronteiriço de Rafah não será reaberto no sábado, por causa dos trágicos acontecimentos no Sinai", disse à agência France Presse um funcionário palestiniano, que não se identificou e não forneceu mais detalhes sobre a reabertura da passagem, apesar de ter sido previsto que ficasse aberta durante três dias.

O posto fronteiriço, encerrado desde agosto, foi reaberto no sábado passado, por três dias, pela primeira vez desde a conclusão em outubro de um acordo de reconciliação entre os dois principais grupos palestinos.

+ Senador propõe lei que restringe acesso à cidadania italiana

Em 01 de novembro, o Hamas, no poder da Faixa de Gaza, transferiu os pontos de cruzamento do enclave para a Autoridade Palestina.

A Faixa de Gaza foi submetida durante uma década a um rigoroso bloqueio israelita e, durante anos, ao fecho quase permanente da fronteira com o Egito.

Em 2007, o Hamas assumiu o poder pela força em Gaza, após uma guerra fratricida com a Fatah, do Presidente da Autoridade Palestinana, Mahmoud Abbas.

A transferência do controle dos pontos de cruzamento foi um teste importante para o novo acordo de reconciliação, em 12 de outubro, entre o Hamas e a Fatah, após o fracasso de múltiplas tentativas de reconciliação na última década.

O atentado na mesquita frequentada por muçulmanos adeptos do sufismo, no norte da península do Sinai, nordeste do Egito, provocou pelo menos 270 mortos e 90 feridos. Com informações da Lusa.

Campo obrigatório