Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Anarquistas reivindicam bomba contra polícia em Roma

Autoria do ataque foi assumida por uma federação classificada como terrorista pelos serviços secretos italianos

Anarquistas reivindicam bomba contra polícia em Roma
Notícias ao Minuto Brasil

17:43 - 07/12/17 por ANSA

Mundo Em quartel

Uma organização anarquista reivindicou a explosão de uma bomba em frente a um quartel da Arma dos Carabineiros em Roma, capital da Itália, nesta quinta-feira (7).

A autoria do ataque foi assumida pela Federação Anárquica Informal-Frente Revolucionária Internacional (FAI-FRI), tida como um movimento terrorista pelos serviços secretos italianos.

+ México: grupo armado invade lava jato e mata 6 pessoas

A célula responsável pela bomba se chama "Santiago Maldonado", nome do ativista mapuche encontrado morto em um território indígena na Patagônia, sul da Argentina, em outubro passado. A veracidade da reivindicação está sendo investigada.

O artefato, feito de maneira rudimentar, explodiu por volta das 5h30, mas não feriu nenhuma pessoa. Ele havia sido colocado em um quartel na via Brittania. A Procuradoria da República em Roma abriu uma investigação por "terrorismo". Com informações da ANSA.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório