Meteorologia

  • 23 MAIO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

EUA: brasileiro conta como escapou de escola durante tiroteio

Segundo Priscilla Capone, mãe de estudante, Stoneman Douglas High School tem cerca de 50 alunos brasileiros e muitos estrangeiros

EUA: brasileiro conta como escapou de escola durante tiroteio
Notícias ao Minuto Brasil

05:57 - 15/02/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo 'em choque'

O brasileiro Gustavo Capone, de 17 anos, pulou a cerca da Stoneman Douglas High School na tarde quarta-feira (14) ao notar que havia um atirador no local. O tiroteio deixou 17 mortos.

Segundo o relato do estudante, acompanhado de colegas, ele havia deixado a sala de aula calmamente ao soar o alarme de incêndio. Chegando do lado de fora do colégio, viu policiais armados e escutou um novo alarme, que, desta vez, alertava para um tiroteio. Imediatamente, ele correu para a casa, que fica a uma quadra dali.

“Ele está em estado de choque. Muito, muito, muito triste e acha que vários amigos vão voltar para o Brasil”, contou a mãe de Gustavo, Priscilla Capone, ao 'G1'. “É difícil dizer como estamos nos sentindo, porque a gente sabe que essas coisas acontecem aqui nos Estados Unidos, principalmente, mas a gente nunca acha que vai acontecer na escola do seu filho”, completou.

+ Capixaba relata espera por filho preso em escola com atirador

Segundo Priscilla, a Stoneman Douglas High School tem cerca de 50 alunos brasileiros e muitos estrangeiros. Gustavo pretende permanecer nos Estados Unidos para fazer faculdade.

O atirador foi identificado como Nikolas Cruz, de 19 anos, um ex-aluno da Stoneman Douglas High School. As autoridades locais informaram que ele foi expulso da escola por má disciplina. O jovem usou um rifle AR-15 e agiu sozinho.

Gustavo não conhecia o atirador.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório