Meteorologia

  • 20 JUNHO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Senado dos EUA rejeita propostas de proteção aos 'dreamers'

Plano de Trump e outros 3 documentos não foram aprovados

Senado dos EUA rejeita propostas de proteção aos 'dreamers'
Notícias ao Minuto Brasil

08:21 - 16/02/18 por ANSA

Mundo imigração

O Senado dos Estados Unidos rejeitou na madrugada desta sexta-feira (16) quatro projetos que tratavam sobre o tema da imigração, especialmente, em relação à proteção dos milhares de imigrantes ilegais que foram ao país ainda menores de idade, os chamados "dreamers".

Um dos projetos que não obteve os 60 votos necessários para avançar no Congresso foi apresentado pelo governo de Donald Trump, que tratava também da construção de um muro na fronteira do México.

+ Atirador visitou duas lanchonetes após matar 17 em escola

Nesse documento, que previa uma "anistia" a 1,8 milhões de estrangeiros, além de fundos para a construção do muro, dinheiro para a segurança de fronteiras e a abolição da "loteria" de vistos, recebeu 39 votos favoráveis e 60 contrários A votação do plano de Trump ocorreu logo após a Casa rejeitar um acordo bipartidário, apresentado por oito republicanos e oito democratas, que havia sido ameaçado de veto pelo próprio presidente. Nessa "disputa", o projeto recebeu 54 votos contrários e 45 favoráveis.

Segundo o líder dos democratas no Senado, Chuck Schumer, a derrota de Trump na Casa "mostra que o plano do presidente nunca se tornará uma lei". "Se ele parar de atacar os esforços bipartidários, uma boa lei irá passar", acrescentou.

Já a Casa Branca criticou a oposição, novamente, e disse em nota que eles "não são sérios sobre a reforma da imigração" no país e "não são sérios sobre a segurança interna" dos EUA.

O Congresso norte-americano está tentando acelerar os debates sobre a questão da Ação Diferida para Chegadas Infantis" (Daca) porque, em setembro do ano passado, Trump revogou a medida. Com isso, ela expira no dia 5 de março, deixando o futuro de cerca de 1,8 milhão de pessoas incerto.

O Daca protege os direitos daqueles imigrantes que chegaram aos EUA ainda crianças ou adolescentes, ou seja, que não foram ao país por vontade própria, mas sim porque pais ou parentes os levaram até os EUA. Com informações da ANSA.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório