Meteorologia

  • 22 MAIO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Polícia prende diplomata após achar 389 kg de cocaína em embaixada

Diplomata e policial foram presos após a apreensão do carregamento da droga em Buenos Aires, avaliada em R$ 200 milhões

Polícia prende diplomata após achar 389 kg de cocaína em embaixada
Notícias ao Minuto Brasil

20:15 - 22/02/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Argentina

Após apreender 389 quilos de cocaína na Embaixada da Rússia em Buenos Aires, a polícia Argentina prendeu, na quarta-feira (21), um diplomata russo e um policial argentino. Outros nomes envolvidos no esquema de tráfico internacional de drogas entre os dois países foram detidos na Rússia.

O próprio embaixador da Rússia no país, Victor Koronelli, teria feito a denúncia, após suspeitar de malas alojadas no edifício. A operação, desenvolvida de forma conjunta entre Rússia e Argentina, teria iniciado há mais de um ano. Os quase 400 quilos da droga deixados nas instalações da representação diplomática em Buenos Aires foram encontrados em dezembro de 2016, distribuídos em 16 malas.guardadas em um anexo do prédio.

+ Após acusações de assédio sexual, diretor do Unicef se demite

No âmbito da operação, a cocaína transportada nas bagagens foi substituída por farinha e enviada de volta para a Rússia, por meio de um voo de mudança diplomática rastreado com GPS, em 9 de dezembro do ano passado. Três pessoas também foram presas na Rússia através desta investigação.

Dentre os suspeitos detidos na Rússia estaria o ex-contador da Embaixada, conforme relata o "Clarín". Ele teria servido na Argentina até julho de 2016, o que indica que o carregamento de droga teria sido deixado na Embaixada da Rússia em Buenos Aires na época em que ainda exercia a função.

Os 389 quilos de cocaína foram avaliados em 50 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões). A suspeita dos investigadores argentinos é que a droga seria levada para a Copa da Rússia ou para o consumo regular no país. Ainda não há informações sobre a procedência da droga, que continua a ser investigada pela polícia.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório