Meteorologia

  • 22 JUNHO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Sobrevivente revela turbulência antes de queda de avião

Acidente aéreo matou pelo menos 50 dos 71 ocupantes da aeronave

Sobrevivente revela turbulência antes de queda de avião
Notícias ao Minuto Brasil

06:08 - 13/03/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Nepal

Antes da queda do avião no Nepal, que matou pelo menos 50 dos 71 ocupantes da aeronave, a tripulação e os passageiros viveram momentos tensos de turbulências e de um forte "estalo". Quem conta é um dos sobreviventes do acidente ocorrido no aeroporto de Katmandu nesta segunda-feira (12), Basanta Bahora, de 27 anos.

Conforme relata o G1, o jovem trabalha para a empresa de turismo Raswita International Travels and Tours. Ele declarou ao jornal “Kathmandu Post” não se lembrar do momento exato da queda do avião nem da hora em que foi resgatado - apenas que foi levado a um hospital e acabou sendo transferido para outra unidade.

+ Polícia recupera caixa-preta de avião que caiu com noiva e amigas

“De repente ele chacoalhou violentamente e ouvimos um estalo alto. Eu estava sentado perto da janela e consegui quebrar um vidro”, disse o agente de viagens, em declaração reproduzida pelo portal. "O voo foi tranquilo até entrarmos no Vale de Katmandu. Houve enormes turbulências quando tentamos aterrissar".

Segundo Bohora, 16 nepaleses que atuavam no setor de turismo estavam entre os passageiros. O jovem contou que todos a bordo só notaram que havia algo de errado no voo quando a aeronave se preparava para pousar no aeroporto nepalês.

"Nove amigos que estavam sentados perto conseguiram escapar. Ajudamos uns aos outros antes de o fogo se espalhar. Conseguimos pular, mas podíamos ouvir as pessoas gritando", completou Aashish Ranjit, outro sobrevivente do acidente aéreo, em entrevista à agência EFE reproduzida pelo G1.

O número final das vítimas da queda do avião da companhia aérea bengalesa US-Bangla ainda pode mudar. O porta-voz do exército do Nepal informou a Associated Press que o balanço ainda não está claro, além do fato de outros 16 sobreviventes do voo saído de Dacca, capital de Bangladesh, ainda estarem hospitalizados. As causas ainda estão sendo investigadas.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório