Meteorologia

  • 22 ABRIL 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mísseis lançados por EUA contra Síria não eram usados há 10 anos

Além da aviação estratégica, os militares norte-americanos usaram navios equipados com mísseis de cruzeiro Tomahawk

Mísseis lançados por EUA contra Síria não eram usados há 10 anos
Notícias ao Minuto Brasil

14:10 - 15/04/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Damasco

Ao atacarem estruturas civis e militares sírias, os EUA usaram os mísseis de cruzeiro AGM-158 JASSM pela primeira vez em um combate real.

Assim, a edição The Drive recebeu uma foto em que se veem vários mísseis deste tipo carregados em um caça-bombardeiro estratégico B-1B que participou do ataque.

"Esta missão significa o primeiro caso de uso militar desta arma", explicam os autores do portal.

Não foi comunicado a nível oficial de onde saíram estes aviões B-1B, mas a emissora CNN escreve que em abril eles tinham sido flagrados na base Al-Udeid, no Qatar.

Além da aviação estratégica, os militares norte-americanos usaram navios equipados com mísseis de cruzeiro Tomahawk. O Reino Unido usou aviões Tornado e a França envolveu sua força naval, caças Rafale e Mirage, bem como aviões de reabastecimento e "radares voadores".

Os mísseis AGM-158 JASSM estão em serviço do exército estadunidense desde 2009, eles também foram exportados para a Austrália, a Polônia e a Finlândia. Estas armas podem ser transportadas tanto por bombardeiros norte-americanos, como pelos caças F-15, F-16 e F/A-18.

O alcance de tal míssil atinge 370 quilômetros, enquanto sua versão avançada pode voar até 1.000 quilômetros. Com informações do Sputnik Brasil.

Leia também: EUA anunciarão novas sanções contra a Rússia nesta segunda

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório