Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Maduro promete soltar presos políticos na Venezuela

Presidente foi reeleito em votação contestada pela oposição

Maduro promete soltar presos políticos na Venezuela
Notícias ao Minuto Brasil

06:40 - 25/05/18 por Ansa

Mundo fez juramento

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta quinta-feira (24) que pretende promover uma "ampla política de paz e reconciliação nacional", após ter sido reeleito em um pleito contestado por boa parte da comunidade internacional e pela oposição.

Segundo Maduro, pessoas detidas por atos de "violência política" serão libertadas, desde que não tenham cometido "crimes graves ou homicídios". O discurso foi feito na Assembleia Nacional Constituinte (ANC), no juramento para seu segundo mandato como presidente.

Leia também: Homens encapuzados detonam bomba em restaurante no Canadá

Apesar disso, o novo período de Maduro no poder começará apenas em 10 de janeiro de 2019 e durará até 2025. "Juro cumprir e fazer cumprir nossa Constituição bolivariana e levar adiante todas as mudanças revolucionárias para transformar a Venezuela em uma potência de paz", declarou.

Nesta quinta, o procurador-geral Tarek William Saab anunciou a libertação condicional de sete executivos do Banesco, principal banco privado do país, que estavam detidos desde 3 de maio, sob a acusação de cometer "ações para desmantelar o sistema financeiro venezuelano".

EUA

Também nesta quinta, os Estados Unidos determinaram a expulsão do encarregado de negócios da Venezuela em Washington e do cônsul-geral em Houston, que têm até o próximo sábado (26) para deixar o país.

A medida é uma resposta à expulsão do encarregado de negócios dos EUA em Caracas e de seu vice. Segundo Washington, trata-se de uma ação de "reciprocidade". (ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório