Meteorologia

  • 22 MARçO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Após anúncio de cessar-fogo, Israel volta a bombardear Gaza

Plataforma de lançamento de morteiros foi atacada em território palestino

Após anúncio de cessar-fogo, Israel volta a bombardear Gaza
Notícias ao Minuto Brasil

07:15 - 15/07/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Conflito

Israel atacou uma plataforma de lançamento de morteiros que estava disparando contra o território do país a partir da Faixa de Gaza. A informação foi divulgada pelo país, neste sábado (14), conforme a agência EFE, mesmo após o anúncio de trégua.

"Dois morteiros foram lançados desde a Faixa de Gaza contra o território israelense. Em resposta, o Exército atacou a plataforma que estava no sul da região", disse o órgão em nota.

O movimento islamita Hamas havia anunciado, mais cedo, ter chegado a um cessar-fogo para pôr fim aos ataques de Israel sobre a faixa de Gaza, parte de uma operação de grande escala que fez pelo menos dois mortos e 25 feridos palestinos.

O acordo teria sido conseguido com a mediação do Egito, afirmou um porta-voz do movimento palestino que controla a Faixa de Gaza, Fawzi Barhum, em comunicado, embora Israel ainda não tenha feito nenhum comentário.

+ Produção e consumo de drogas batem recorde, aponta estudo

Israel admitiu, também ontem (14), que fez os maiores ataques aéreos em Gaza desde a campanha de 2014 contra o Hamas.

O primeiro-ministro israelense ameaçou "aumentar, se necessário, a intensidade dos ataques", que chamou "uma ação contundente contra o terrorismo do Hamas".

Dois jovens de 15 e 16 anos atingidos por estilhaços dos bombardeios e 25 pessoas ficaram feridas, segundo o Ministério da Saúde palestino.

Netanyahu garantiu que os ataques continuarão até que o movimento palestino "entenda a mensagem", com bombardeios sobre dezenas de objetivos, incluindo dois túneis, armazéns e fábricas de armas, centros de treino e outros.

Segundo indicaram responsáveis militares israelenses, trata-se de uma "operação em massa que está acontecendo em Gaza" e é uma represália por ataques contra Israel, como "a grande quantidade de explosivos e projéteis incendiários e os 'rockets'" disparados contra Israel.

Três civis israelenses ficaram hoje feridos quando um 'rocket' atingiu a sua casa, no sul. Segundo o exército israelense, cerca de uma centena desses projéteis e granadas caíram hoje sobre Israel vindas da Faixa de Gaza. Com informações da Lusa.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório