Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Tribunal de Bogotá recusa pedido de libertação de ex-líder da FARC

O ex-líder da antiga guerrilha colombiana Suais Pausivas Hernández, conhecido como Jesus Santrich, foi capturado pela procuradoria colombiana em abril

Tribunal de Bogotá recusa pedido de libertação de ex-líder da FARC
Notícias ao Minuto Brasil

06:35 - 12/08/18 por Lusa

Mundo Colômbia

Um tribunal de Bogotá rejeitou, neste sábado (11), o segundo 'habeas corpus' (pedido de libertação imediata) de um ex-líder das Forças Armadas e Revolucionárias da Colômbia (FARC), detido em abril a pedido dos Estados Unidos.

O ex-líder da antiga guerrilha colombiana Suais Pausivas Hernández, conhecido como Jesus Santrich, foi capturado pela procuradoria colombiana em abril, em sua casa, em Bogotá, na sequência de um mandado de captura emitido pela Interpol.

Santrich é suspeito de estar envolvido na exportação de dez toneladas de cocaína para os Estados Unidos, no segundo semestre de 2017, o que levou o então Presidente Juan Manuel Santos a admitir a extradição do ex-guerrilheiro para os EUA, uma vez que os crimes foram cometidos após a assinatura do acordo de paz com as ex-FARC.

+ Tiroteio em Manchester deixa dez pessoas feridas

O acordo de paz garante a não extradição de membros da FARC por delitos cometidos antes da assinatura do acordo de paz e no decurso do conflito armado.

Na altura, a detenção de Santrich provocou uma forte contestação por parte da antiga guerrilha colombiana, para quem o acordo de paz na Colômbia acabara de chegar ao "seu ponto mais crítico".

O acordo de paz de 2016, que terminou com meio século de conflito, garantiu dez assentos do partido Força alternativa Revolucionária Comum (que manteve a sigla da ex-gerrilha FARC). Com informações da LusaWeb. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório