Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

EUA ordenam evacuação de 1 milhão de pessoas por furacão

Florence deve atingir Virgínia e as Carolinas do Norte e do Sul

EUA ordenam evacuação de 1 milhão de pessoas por furacão
Notícias ao Minuto Brasil

09:54 - 11/09/18 por ANSA

Mundo Clima

Enquanto o furacão Florence se intensifica e se aproxima cada vez mais da costa leste dos Estados Unidos, mais de 1 milhão de pessoas de três estados do país receberam ordens de evacuação obrigatória.   

De acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), Florence está cerca de 660 quilômetros ao sul das Bermudas e a 1.570 quilômetros do Cabo Fear, no extremo-sul da Carolina do Norte. O fenômeno registra ventos de até 225 quilômetros por hora e está muito perto da categoria cinco - em uma escala que vai de um a cinco.   

As autoridades norte-americanas pediram para que a população não subestime a ameaça. Nas primeiras horas desta terça-feira (5), moradores das Carolinas do Sul e do Norte e da Virgínia formaram longas filas em postos de gasolina e esvaziaram as prateleiras de lojas e supermercados.   

+ EUA relembram 17 anos dos atentados de 11 de setembro

O governador da Virgínia, Ralph Northam, afirmou em coletiva de imprensa que 245 mil pessoas vivem nas áreas que podem ser afetadas pelo furacão no estado. Ele ordenou a evacuação das áreas costeiras, mais propensas a inundações. Além disso, pediu para que toda a população "se prepare" para a tempestade, que, segundo ele, afetará todo o estado.   

"Nenhuma das orientações sugere que o Florence tenha atingido um pico de intensidade, e isso é apoiado pela continuação de um ambiente de baixo cisalhamento e águas ainda mais quentes nas próximas 36 horas. Assim, a previsão de intensidade é levantada, trazendo-o para perto da categoria 5", informou o NHC.   

É previsto que Florence chegue aos Estados Unidos entre quinta (13) e sexta-feira (14), na fronteira entre as Carolinas do Norte e do Sul, embora a trajetória do fenômeno seja incerta. A última vez em que a parte central da costa leste do país encarou um fenômeno desta dimensão foi em 1954, com o furacão Hazel. Na ocasião, mais de 15 mil edifícios foram destruídos, e 19 pessoas morreram.   

Além do Florence, cientistas norte-americanos acompanham de perto duas fortes tempestades que se deslocam no Atlântico, Helen e Isaac, mas ambas estão na categoria 1. (ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório