Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Avião captou imagens do olho do furacão Florence

O furacão está aumentando de tamanho e já é de categoria 4

Notícias ao Minuto Brasil

06:06 - 13/09/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo EUA

Aviões ao serviço da NOOA, a administração Oceânica e Atmosférica norte-americana, da NASA e da Força Aérea, têm feito voos no interior do furacão Florence. A ideia é saber com mais precisão o que está acontecendo no interior do furacão e ajudar os meteorologistas a prever o que vai acontecer a seguir, segundo o Mashable.

Os cientistas que seguem nos aviões têm observado a tempestade aumentando gradualmente de tamanho. O furacão Florence subiu para a categoria 4 como revela o National Hurricane Center. “Espera-se que o Florence seja uma tempestade grande e extremamente perigosa a partir de quinta-feira à noite”.

As imagens captadas pelos aviões mostram a dimensão do furacão e em alguns dos vídeos da NOOA é possível ver o olho do furacão.

Pequenos tubos de cartão são lançados de aviões, como o P-3, que voam no interior destes furacões. No interior desses tubos estão sensores que captam dados durante a sua queda pelo furacão e os enviam de volta para a aeronave.

+ EUA declaram emergência às vésperas da passagem de Florence

O Florence vai atingir a Carolina do Norte e a Carolina do Sul o mais tardar às primeiras horas desta sexta-feira (14). Os seus poderosos ventos de 209 quilômetros por hora vão reduzir progressivamente no espaço de 24 horas para 80 quilômetros por hora, mas essa não é a principal preocupação das autoridades.

É que o Florence deverá perdurar naquela região dos Estados Unidos e esperam-se chuvas muito intensas, que fazem subir o risco de cheias. “Nada de bom pode vir de uma tempestade lenta”, sublinhou o cientista do NOOA James Kossin.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório