Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Autora de 'Como Matar Seu Marido' é principal suspeita de assassinato

Nancy Crampton Brophy é romancista do Oregon, nos Estados Unidos, e autora de livros sobre relacionamentos errados

Autora de 'Como Matar Seu Marido' é principal suspeita de assassinato
Notícias ao Minuto Brasil

16:47 - 12/09/18 por Folhapress

Mundo crime

Nancy Crampton Brophy, 68, foi presa no dia 5 de setembro sob a acusação de ter assassinado seu marido, Daniel Brophy, 63, com uma arma que pertencia ao cônjuge, e que teria sido usada ilegalmente por Nancy.

Segundo o The Washington Post, Nancy é romancista do Oregon, nos Estados Unidos, e autora de livros sobre relacionamentos errados, mas que não aparentavam ter problemas. Em "O Marido Errado", Nancy escreveu sobre uma mulher que tentava fugir de um marido abusador simulando a própria morte.

+ Furacão Florence é rebaixado para categoria 3, mas segue perigoso

Já no ensaio do livro "Como Matar Seu Marido", a escritora explicava maneiras para se safar e sair ilesa de qualquer acusação para quem cometesse esse tipo de crime.

Nancy também escreveu sobre cinco motivações principais para matar o marido e quais armas seriam escolhidas caso um de seus personagens fizesse esse delito.

De acordo com a polícia, Nancy adotou algumas de suas estratégias e, em vez de contratar um assassino, ela mesma matou o marido. A polícia não disse qual foi o motivo alegado.

"É um grande choque, um grande choque", disse Karen Brophy, mãe de Daniel Brophy sobre a prisão da nora Nancy. "Mas não faremos nenhuma declaração a respeito."

Na quinta-feira, os promotores e o advogado de defesa de Nancy ao juiz para que pudesse ouvir as acusações contra ela. Ainda segundo o The Washington Post, a polícia se recusou a responder aos questionamentos do jornal a respeito do motivo alegado por Nancy para o crime.

O casal estava junto há 27 anos e tinha "mais momentos bons do que ruins", como escreveu Nancy. Ela escrevia sobre seu casamento com frequência. No ensaio de "Como Matar seu Marido", Nancy escreveu que "não queria se preocupar com sangue" ou com "pedaços de cérebros respingados nas paredes."

Ao mencionar o próprio casamento, Nancy usava um humor obscuro, mas que parecia divertir seus leitores. Em 2011, ela chegou a fazer uma postagem em seu blog afirmando que ambos estariam em seu segundo casamento e não terminariam em divórcio. "Mas não deveria ser descartado um trágico tiroteio ou um acidente suspeito." Com informações da Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório