Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Mulher sofre racismo em voo: 'Negra feia e desgraçada'

A publicação gerou uma onda de críticas a companhia aérea por ela não ter retirado o passageiro autor das ofensas da aeronave

Notícias ao Minuto Brasil

10:08 - 22/10/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Agressão

Um vídeo filmado por passageiros de um vôo da Ryanair de Barcelona com destino a Londres, mostra o momento em que um dos passageiros agride verbalmente com insultos racistas uma mulher negra de 77 anos. O caso ocorreu na última sexta-feira(19) e causou revolta nas redes sociais.

A publicação gerou uma onda de críticas a companhia aérea por ela não ter retirado o passageiro autor das ofensas da aeronave. Segundo a BBC, muitas pessoas ameaçaram, inclusive, boicotar a empresa sediada na Irlanda.

+Governo Trump pode excluir reconhecimento de transexuais

Em nota, a Ryanair afirmou que "não vai tolerar comportamentos indisciplinados como esse (do passageiro)". E informou que notificou a polícia britânica sobre o caso de racismo.

O vídeo publicado por um dos passageiros foi visualizado mais de 1,8 milhões de vezes no Facebook. Nas imagens é possível a filha da idosa que estava sentada ao lado do agressor tentando intervir."Não me importa se ela é uma pessoa com deficiência ou não. Não me diga o que eu devo fazer. Se eu digo a ela que ela tem que sair, ela tem que sair" disse ele à filha da passageira.

A mulher então responde: "Você fede. Você precisa de um banho".Ele reage com mais agressividade: "Estou dizendo a você. Se você não mudar de assento, eu vou empurrá-la para outro assento".

E em um tom muito violento acrescenta: "Não fale comigo em uma língua estrangeira, sua vaca feia e estúpida."

A filha da idosa vítima das agressões contou em entrevista ao site The Huffington Post que a discussão teria começado porque sua mãe, que tem artrite, demorou a se levantar para que o homem sentasse na janela.

Ela conta ainda que estava viajando de férias com sua mãe que se mudou da Jamaica para o Reino Unido nos anos 60."Minha mãe ficou muito chateada e estressada com a situação toda, além da dor que já estava sentindo. Quanto a mim, também estou chateada com isso tudo: o fato de o passageiro não ter sido retirado do avião, e a forma como trataram a situação" disse ela.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório