Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Corpo de Khashoggi foi dissolvido, diz assessor de Erdorgan

Repórter foi assassinado dentro do consulado saudita na Turquia

Corpo de Khashoggi foi dissolvido, diz assessor de Erdorgan
Notícias ao Minuto Brasil

09:41 - 02/11/18 por Ansa

Mundo em ácido

Um mês após o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi no consulado saudita em Istambul, o assessor do presidente da Turquia, Yasin Aktay, disse nesta sexta-feira (2) que o corpo do dissidente foi esquartejado e dissolvido em ácido.

"A única conclusão lógica é que os responsáveis pela morte de Khashoggi desmembraram seu corpo para que fosse dissolvido com mais facilidade e para não deixar rastros", informou o assessor de Recep Tayyip Erdogan ao jornal Hurriyet Daily.

As alegações foram reveladas depois que a noiva de Khashoggi, Hatice Cengiz, pediu aos líderes mundiais que "levassem os acusados à justiça", em um editorial publicado em diversos jornais, incluindo o The Guardian e o Washington Post.

+ Ataque contra ônibus de cristãos deixa pelo menos sete mortos no Egito

"Todos os locais para os quais nos levam as câmeras de segurança foram examinados e não encontramos o cadáver", disse Aktay, que tinha boas relações com Khashoggi. Para ele, "matar uma pessoa inocente é um crime. O que fizeram com o corpo é outro crime e uma vergonha".

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, por sua vez, afirmou ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que o colunista do Washington Post era um "islamita perigoso".

O telefonema à Casa Branca teria ocorrido no dia 9 de outubro antes da Arábia Saudita admitir que Khashoggi estava morto. O país árabe negou que os comentários tenham sido feitos ou que sua família real estivesse envolvida no assassinato e diz que está "determinada a descobrir todos os fatos". (ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório