Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Ex-guarda de campo de concentração é julgado na Alemanha

Como era menor de idade, o homem, que não teve a identidade revelada, será julgado até janeiro de 2019 por um tribunal para menores

Ex-guarda de campo de concentração é julgado na Alemanha
Notícias ao Minuto Brasil

17:50 - 06/11/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Münster

Começou nesta terça-feira (6), em Münster, na Alemanha, o julgamento de um ex-guarda do campo de concentração nazista de Sutthof, na Polônia, hoje com 94 anos. Na época, com menos de 21 anos, ele foi cúmplice de centenas de assassinatos. Como era menor de idade, o homem, que não teve a identidade revelada, será julgado até janeiro de 2019 por um tribunal para menores.

"Ele tinha entre 18 e 20 anos no momento dos fatos. Como vigilante, custodiou o campo, as cercas, as torres de vigilância" enquanto centenas de pessoas "morreram por gás, fuziladas ou de fome", afirmou à AFP o procurador de Dortmund, Andreas Brendel.

+ Bombeiros retiram 3º corpo de desabamento em Marselha

Segundo o G1, o alemão teria servido em Sutthof entre junho de 1942 e setembro de 1944. Conforme o museu Stutthof de Sztutowo, 65 mil dos cerca de 110 mil deportados morreram.

Mesmo sem participar diretamente dos genocídios, "o acusado sabia de todos os métodos para matar e por isso foi cúmplice do assassinato de centenas de pessoas", embora não participasse diretamente, informa a ata de acusação. Em agosto de 2017, o homem negou estar ciente dos homicídios. Ele também acrescentou que os soldados não eram alimentados devidamente.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório